O equatoriano Richard Carapaz protagonizou um triunfo surpreendente na prova de fundo, que terminou no circuito internacional de Fuji, superando ciclistas mais especializados em provas de um dia.

O belga Vout van Aert foi segundo, a 1.07 minutos, o mesmo tempo do esloveno Tadej Pogacar, recente vencedor da Volta a França, que ficou com o bronze.

Mais surpreendente foi o triunfo da austríaca Anna Kiesenhofer na prova feminina, depois de ter integrado uma fuga desde os primeiros quilómetros.

A correr sem rádios, Annemiek Van Vleuten festejou um título olímpico que não era seu, depois de cortar a meta na segunda posição, sem saber que a austríaca já tinha chegado. A italiana Elisa Longo Borghini ficou no terceiro posto.

Contudo, Van Vleuten conseguiu mesmo festejar um título, ao dominar o contrarrelógio, gastando menos 56 segundos do que a suíça Marlen Reusser e 1.01 do que a compatriota Anna van der Breggen.

Dominador foi também o 'crono' de Roglic, que tirou 1.01 minutos ao segundo melhor tempo, alcançado pelo holandês Tom Dumoulin, com o australiano Rohan Dennis a ficar com o bronze, a 1.03 do esloveno.

Portugal teve um desempenho modesto em Tóquio2020, como o expressam os resultados obtidos hoje por João Almeida e Nelson Oliveira, que foram hoje 16.º e 21.º classificados, respetivamente, no contrarrelógio individual que consagrou Roglic como campeão olímpico.

João Almeida, atual campeão luso da especialidade, foi o melhor representante português, ao terminar a 3.29 minutos do vencedor, enquanto Nelson Oliveira acabou a 3.55.

Na prova de fundo, Almeida tinha sido 13.º classificado, na estreia olímpica, e Oliveira, que no Rio2016 tinha sido sétimo no ‘crono’, conseguiu o 41.º posto.

Quadro de medalhas do ciclismo de pista:

- Prova de fundo feminina:

Ouro: Anna Kiesenhofer (Áustria)

Prata: Annemiek Van Vleuten (Países Baixos)

Bronze: Elisa Longo Borghini (Itália)

- Prova de fundo masculina:

Ouro: Richard Carapaz (Equador)

Prata: Vout van Aert (Bélgica)

Bronze: Tadej Pogacar (Eslovénia)

- Contrarrelógio feminino:

Ouro: Annemiek Van Vleuten (Países Baixos)

Prata: Marlen Reusser (Suíça)

Bronze: Anna van der Breggen (Países Baixos)

- Prova de fundo masculina:

Ouro: Primoz Roglic (Eslovénia)

Prata: Tom Dumoulin (Países Baixos)

Bronze: Rohan Dennis (Austrália)

Todas as notícias e reportagens sobre Tóquio 2020 acompanhadas ao minuto pelo SAPO Desporto

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.