A realização progressiva de cursos de treinadores, árbitros e cronometristas para o andebol constitui uma das apostas do elenco da nova direcção da associação da modalidade, na Huíla, liderada por Vicente da Cruz, no quadriénio 2020-2022.

Em declarações à Angop hoje, no Lubango, o novo presidente da associação, Vicente da Cruz, eleito na última semana, afirmou que durante o mandato de quatro anos pretendem igualmente massificar a modalidade no interior da província, expandindo a associação nos municípios, com a criação de núcleos, junto as administrações locais.

Fazem parte dos objectivos da organização para os próximos quatro anos, a massificação do andebol nas escolas públicas e privadas, o incentivo aos clubes a terem atletas em todos os escalões e géneros, bem como a realização torneios e campeonatos provinciais.

Manter a consolidação e comunicação com os gabinetes da Cultura, Turismo, Juventude e Desportos e da Educação, homenagear os antigos dirigentes e atletas da modalidade a nível da província e criar maior aproximação com instituições e empresas locais, constam também das linhas da associação para o período.

Vicente da Cruz, de 51 anos de idade, é professor de Educação Física e foi secretário-geral da Associação. Substituiu Zeca Fumbelo que dirigiu a Associação Provincial de Andebol na Huíla, nos últimos dois mandatos, nos períodos de 2012-2016 e 2016-2020.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.