Marcelina Kiala anunciou o fim da sua carreira de quase 20 anos como figura maior do andebol feminino de Angola.

Aos 34 anos, a atleta deixou a modalidade e a seleção de forma oficial numa cerimónia de homenagem às seleções em ambos os sexos, no pavilhão Multiusos de Luanda.

Sem conseguir conter as lágrimas e a emoção, Marcelina Kiala expressou a sua gratidão ao andebol pela felicidade alcançada durante duas décadas ao mais alto nível. 

"O mundo desportivo mudou a minha vida. Primeiro tenho que agradecer a Deus por estar sempre comigo e depois à minha família e a todos os treinadores dos clubes por onde passei. O meu muito obrigado. Este é o momento em que devo deixar a seleção nacional. Não por lesões, nem questões familiares. A minha decisão há muito que foi tomada", explicou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.