A equipa feminina de andebol do Petro de Luanda já está a preparar a defesa do título de campeã de África. A formação petrolífera viajou para a Hungria onde vai realizar um estágio, antes do início do campeonato africano de andebol feminino, que decorre de 14 a 25 de novembro, em Tânger, Marrocos.

Antes da partida para a Europa, Marcelina Kiala reafirmou o favoritismo do Petro na conquista do título mas pede cautela: «Vamos para Marrocos com humildade de sempre. Ainda não ganhamos nada. Temos que trabalhar mais e melhor para conquistar o título. O Petro é uma equipa unida e sempre jogamos pelo coletivo. Estamos a viajar muito motivadas pela conquista da Taça de Angola», declarou a experiente andebolista.

O Petro será um dos principais favoritos a levantar o troféu em Tânger. A formação treinada por Vivaldo Eduardo venceu o campeonato provincial de Luanda, o campeonato de Angola e a a Taça de Angola.

Aliás o último troféu foi conquistado na sexta-feira passada frente ao 1º de Agosto, com uma vitória por 30-14, o que espelha bem o domínio da formação petrolífera: «Jogámos como queríamos sexta-feira. Fizemos grande jogo e vencemos por boa margem de golos. Isso eleva os níveis de confiança do grupo que ainda tem muito para dar», disse, confiante, Vivaldo Eduardo.

O treinador aproveitou para agradecer ao ASA a dispensa a cedência de Isabel Guialo e Constantina Paulo para reforçar a formação tricolor.

Em 13 dias, na Hungria, o plantel de Vivaldo Eduardo fará seis amistosos, com equipas da Roménia e da Eslováquia.

Na Taça dos Clubes Campeões, o Petro de Luanda está no grupo B, com o FAP (Camarões), HC Heritage (RD Congo), Nairobi Water (Quénia), Abo Sport (Congo) e HHB Saída (Argélia).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.