O presidente da Federação Cabo-verdiana de Andebol disse que Cabo Verde vai trabalhar a seleção nacional para poder estar à altura de competir com grandes seleções africanas, por altura do Campeonato Africano das Nações 2024, em sénior feminino.

Nelson Martins mostra-se assim convicto de que a vitória da candidatura de Cabo Verde no comité executivo da Confederação Africana de Andebol para organizar a maior prova africana em sénior feminina a nível de seleções em 2024 irá proporcionar uma maior aposta na modalidade, para que o arquipélago consiga ter uma grande selecção.

O dirigente considera que o país vem ganhando terreno a nível do continente e que a modalidade está dotada de grandes jogadores, em diversos escalões, tanto no país como na diáspora que poderão garantir ao país sonhar alto.

O presidente da Federação Cabo-verdiana de Andebol tem um plano para levar a competição para os polidesportivos da cidade da Praia, de Assomada, do Tarrafal (Santiago) de São Vicente e do Sal, de forma que a competição seja descentralizada, já que se pretende com esta aposta associar a vertente competitiva ao turismo.

De resto, Nelson Martins acredita que o facto de Cabo Verde também ter sido escolhido para organizar já em 2019 o Campeonato Africano dos Clubes Campeões poderá servir de trampolim para o sucesso da CAN2024.

Refira-se que o ministro do Desporto, Fernando Elísio Freire, considerou o triunfo da candidatura cabo-verdiana em Abidjan para organizar a CAN2024 como “mais uma grande vitória de Cabo Verde”, alegando que se estão a dar “passos firmes e consistentes” para que o país “se torne numa grande plataforma de organização de eventos internacionais”.

É que, para 2019, Cabo Verde vai organizar ainda os I Jogos Africanos de Praia, na ilha do Sal, e uma das etapas do Circuito Mundial de Kitesurf também na mesma ilha.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.