O atleta Jhon Mwangangi (Quénia) com o tempo de 1h 1mn e 26 segundos conquistou domingo a primeira edição da meia maratona internacional "Cidade de Luanda", disputada em diversas artérias da capital angolana, com a distância de 21 quilómetros.

O tiro de largada da prova, que teve início às 09h00 horas junto das instalações do Ministério do Interior, percorrendo até ao ponto final da Ilha do Cabo, foi dado pelo presidente da Comissão Administrativa da Cidade de Luanda, José Tavares.

O segundo posto coube ao etíope Alex Korio, que correu 1h 01mn 34 seg, seguido pelo seu compatriota Nguse Amlonse, com o tempo de 1h 2m e 07seg.

Na classe feminina, a prova foi conquistada pela etíope Gutene Shone, seguida pela queniana Eunice Kirua. A sua compatriota Tirti Sigalia quedou no terceiro posto.

Os vencedores nas duas classes (masculina e feminina) receberam cada Um milhão de kwanzas (7848 euros), enquanto as restantes posições oitocentos (6278 euros) e setecentos mil kwanzas cada (5493 euros).

Os primeiros angolanos a cortar a meta foram Alexandre João e Ernestina Paulino, ambos do Interclube, que receberam 100 mil kwanzas (784 euros) da organização do evento.

Enquanto isso, Fernando António triunfou na classe dos atletas portadores de deficiência.

Realizou-se igualmente, em simultâneo, uma corrida da família (não competitiva).

A prova teve o apoio técnico da Federação Angolana de Atletismo e da Comissão Administrativa da Cidade de Luanda.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.