O selecionador de atletismo de Cabo Verde, disse esta quinta-feira que o país vai para os VII Jogos da Francofonia em Nice (França) com a pretensão de qualificar-se no “Top 10” e que almeja conquistar medalhas neste evento internacional.

Em entrevista à Inforpress, Júlio Nagana fez questão de frisar que trata-se «de um processo um pouco complicado em termos de definição, porque o convite é dirigido a um conjunto de países o que torna difícil destacar-se, em termos de nível competitivo com os grandes adversários a nível das disciplinas individuais».

Nagana afirma que Cabo Verde parte com a missão primeira de passar a eliminatória com os quatro atletas, mas que deposita grandes esperanças em atletas mais experientes como Ruben Sança, Adilson Spencer ou mesmo o jovem Samuel Freire, este último a preparar-se em Portugal.

Em termos de preparação, Júlio Nagana indica que os atletas partem em bom nível para mais esta digressão, argumentando que Ruben Sança, atleta residente nos Estados Unidos da América, não obstante ter regressado de uma lesão que implicou intervenção cirúrgica, melhorou a sua marca neste país numa prova realizada recentemente.

Em relação a velocista Lidiane Lopes, atleta no seu último ano de escalão júnior, o selecionador de Cabo Verde da modalidade é de opinião que esta prova de Nice poderá ser aproveitada para ganhar mais experiência competitiva, para poder atacar os Jogos de Lusofonia em Goa (Índia).

Disse, entretanto, depositar grande esperança nesta atleta na prova dos 200 metros, por considerar que tem grande oportunidade de lutar para atingir uma boa classificação.

Ruben Sança nos cinco mil metros, Samuel Freire nos 1500, Adilson Spencer nos 10 mil metros e Lidiane Lopes nos 100 e 200 metros livres vão representar o atletismo sob a orientação do técnico e selecionador de Cabo Verde de atletismo, Júlio Nagana nos VII Jogos da Francofonia que se realizam de 7 a 15 de Setembro em Nice (França).

Já na modalidade de judo, o país estará representado pelas atletas Magner Mendes (-66 quilogramas), Nuno Silva (-73), e Wilson Teixeira (-81), sob a orientação do professor Alfredo Torres.

A comitiva cabo-verdiana, chefiada pelo técnico da Direcção-Geral dos Desportos, José Luís Gomes, parte esta quinta-feira à noite para França.

Os VII Jogos da Francofonia contam com o concurso de participantes de 53 Estados e segundo as expectativas do secretário-geral da Organização Internacional da Francofonia (OIF), Abdou Diouf vão reunir cerca de três mil jovens talentos oriundos de cinco continentes.

Organizados de quatro em quatro anos num dos 77 Estados membros da OIF, os Jogos da Francofonia misturam competições desportivas (atletismo, futebol, voleibol e judo) e atividades culturais e artísticas (teatro, conto, moda, dança).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.