A falta de uma pista de atletismo e formação de monitores são algumas das preocupações dos atletas em Santo Antão, inquietações manifestadas, quarta-feira, durante um encontro de reflexão sobre a situação da modalidade nesta ilha.

Os atletas presentes no encontro, que se realizou na Ribeira Grande, consideram que esta região já necessita de uma pista de atletismo, tendo “reforçado o apelo, já por várias vezes lançado” aos municípios santantonenses e ao Governo no sentido de dotarem a ilha dessa infraestrutura desportiva.

Os atletas defenderam ainda a criação de escolas de atletismo, mas para isso deve-se apostar na formação de monitores, acham.

A criação de um fundo de apoio aos atletas e a eleição dos novos corpos diretivos da Associação Regional de Atletismo de Santo Antão foram outros assuntos abordados nesse encontro, promovido pela delegação da Direção-geral dos Desportos (DGD) em Santo Antão.

O ato eleitoral nos novos dirigentes associativos deverá ter lugar a 07 de Março.

O delegado do DGD em Santo Antão, Anildo Santos, explicou que o encontro insere-se no quadro dos contactos que essa direção-geral está a efetuar com os agentes desportivos na ilha, visando impulsionar o fenómeno desportivo nesta região.

Anildo Santos informou que, no decurso de 2015, aquela direção-geral tem programado a realização de um pacote de formações para monitores, sendo atletismo uma das modalidades abrangidas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.