Segundo a 'Angop', os jogadores abordados, que preferiram o anonimato, desconhecem os motivos reais desse adiamento, sem prévia comunicação, causando transtornos ao grupo.

Os atletas manifestaram-se indignados pelo facto de não se fazer presente, no local, qualquer membro da Federação Angolana de Basquetebol, nem da equipa técnica, limitando-se em informar à imprensa, em uníssono, que os orientaram apenas a regressar ao Hotel Zombo, onde estão concentrados.

Pelo menos oito jogadores estiveram presentes no Aeroporto, devidamente uniformizados com camisolas e calções do equipamento da selecção, com destaque para Reggie Moore, Edson Ndoniema e Hermenegildo Mbunga.

Além destes, deviam seguir viagem para o estágio competitivo em Espanha, tendo em vista a segunda fase do torneio de apuramento ao Mundial da China 2019, Gerson Domingos, Egídio Ventura, Pedro Bastos, Mohamed Cisse, José António, Mutuo Fonseca e Leonel Paulo.

Carlos Morais, Yanick Moreira, Leandro Conceição, Júlio Afonso e John Pedro vão juntar-se ao grupo já na capital espanhola, de onde partirão para a Tunísia, a fim de disputar, de 14 a 16 de Setembro, o acesso ao “mundial asiático”, sem Olímpio Cipriano, ausente por motivos familiares.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.