O capitão da equipa de basquetebol do Recreativo do Libolo, Eduardo Mingas, admitiu na terça-feira, na capital do país, alguns erros de concentração como causa da derrota diante do Petro de Luanda, por 84-90, no jogo da final da 37ª edição do campeonato angolano sénior masculino da modalidade, disputado no Pavilhão da Cidadela Desportiva, em Luanda.

Em declarações à Angop, após a sétima e última partida do playoff, o jogador reconheceu ter sido um desafio muito competitivo e referiu terem dado o máximo na procura do triunfo, mas o adversário soube tirar partido de algumas falhas cometidas pelo seu grupo.

"A prova foi muito bem disputada. Houve um grande empenho de nossa parte na luta pela vitória, mas cometemos alguns erros, principalmente já nos minutos finais, que foram muito bem aproveitados pelo nosso adversário. Por isso, só posso dar os meus parabéns a equipa do Petro pela conquista do campeonato", disse, sem especificar o tipo de falhas.

Com este resultado, a formação da província do Cuanza Sul é destronada pelos "petrolíferos" do título do BIC-Basket. O Recreativo do Líbolo também possui o troféu dos clubes campeões africanos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.