O poste Lifetu Selengue, do Recreativo do Libolo, foi suspenso pela Federação Angolana de Basquetebol (FAB), por tempo indeterminado, por alegada falsificação de identidade.

De acordo com um comunicado do órgão gestor da modalidade a que a Angop teve acesso, foi instaurado um processo disciplinar ao atleta, que deverá durar 15 dias, seguindo-se a aplicação dos regulamentos com base nos resultados.

A medida surge depois do 1º de Agosto protestar o encontro diante do Libolo, em que perdeu por 75-83. Na ocasião, o vice-presidente do clube “militar”, José Moniz, acusou o jogador de atuar de forma irregular.

Selengue, internacional pela RD Congo, já representou o 1º de Agosto, ASA e Interclube.

O Libolo terminou a primeira fase do Campeonato Nacional na primeira posição, com 17 vitórias em 18 jogos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.