A seleção angolana sénior feminina de basquetebol deverá aproveitar o máximo a sua participação nos Jogos Africanos, de 4 a 19 de setembro, no Congo Brazzaville, tendo em vista o campeonato africano da modalidade (Afrobasket), prova qualificativa aos Jogos Olímpicos de 2016.

De acordo com o diretor para a política desportiva, António Gomes, Angola deve aproveitar esta competição para fazer uma preparação determinante, com o intuito de aparecer bem no Afrobasket, onde almeja a revalidação do título e consequente apuramento às olimpíadas do Rio de Janeiro.

Falando no ato que marcou a apresentação da pré-seleção nacional, realizado na sede da Federação Angolana de Basquetebol (FAB), o dirigente disse que, apesar de o principal objetivo ser a conquista do campeonato africano, não retira a importância dos Jogos Africanos, por ser uma prova em que Angola também tenciona conquistar.

Em relação às responsabilidades do Ministério da Juventude e Desporto, garantiu estarem criadas as condições necessárias para proporcionar uma preparação e um estágio a "bom nível" para a equipa angolana, tendo em conta a manutenção do ciclo de vitórias que o país alcançou depois dos títulos arrebatados em 2011, no Mali, e 2013, em Moçambique.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.