O técnico da equipa sénior masculina do Petro de Luanda, Lazare Adingono, foi suspenso por oito jogos, pela FAB, alegando conduta imprópria no sexto jogo da final do Campeonato Nacional, sábado, diante do Recreativo do Libolo.

De acordo com um comunicado que a Angop teve hoje acesso, a penalização resulta do comportamento do técnico depois de ter sido expulso, realçando que dirigiu palavras obscenas aos árbitros.

Sendo assim, Lazare Adingono não vai poder orientar o Petro de Luanda no sétimo e último jogo da final do Campeonato Nacional, a ser disputado terça-feira.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.