O técnico da seleção angolana de basquetebol, Paulo Macedo, apontou a concentração como a solução para vencer o México na terça-feira, às 12h30, no pavilhão Arena de Gran Canaria (Espanha), na terceira jornada do grupo D no Mundial.

De acordo com o selecionador, nos dois jogos anteriores o 'cinco' angolano teve um período de desconcentração que poderia comprometer a vitória diante da Coreia do Sul (80-69), na primeira jornada, e o mesmo aconteceu na derrota com a Lituânia (62-75) na ronda seguinte que foi fatal.

Por isso, o técnico que falava à imprensa, no final do único treino antes do desafio com o México, realçou a importância dos jogadores manterem-se concentrados, particularmente em termos defensivos, durante o jogo todo, sob pena de serem surpreendidos.

Por outro lado, afirmou que o grupo está pronto para o embate e que vão fazer tudo para vencer e garantir já a vaga para segunda fase. De seguida, segundo a mesma fonte, vão procurar vencer os restantes dois jogos para “fugir” ao quarto lugar do grupo D que cruza com o primeiro do C, onde os Estados Unidos são os favoritos.

“Vamos fazer tudo para vencer o México, só depois vamos falar dos outros encontros, mas queremos vencer todos. Temos qualidade e diante da Lituânia mostrámos isso. Ainda assim, vamos respeitar os adversários porque também estão a trabalhar”, frisou.

Quanto à sessão, que durou cerca de uma hora e foi à porta fechada, Paulo Macedo disse que serviu apenas para recuperar os jogadores, fruto do esforço registado na partida anterior, e fazer algumas correções.

Informou também que o adversário está a ser estudado minuciosamente, revelando que já identificou os seus pontos fortes e fracos. Quanto a Olímpio Cipriano, o técnico explicou que continua com algumas limitações, mas disponível para o encontro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.