O presidente da Federação Cabo-verdiana de Basquetebol, Kitana Cabral desloca-se em setembro à sede da FIBA em Genebra, Suíça, para discutir “in loco” os detalhes referentes à dupla nacionalidade de alguns atletas da seleção de Cabo Verde.

Kitana Cabral avançou esta informação à Inforpress em jeito de explicação pelo facto de três atletas cabo-verdianos, Pedro Silva, Jean-Claude Rodrigues e BJ Monteiro, provenientes de Portugal, Senegal e EUA, respetivamente, terem sido impedidos pela FIBA África de continuar a dar o seu contributo à seleção de Cabo Verde durante o torneio da Zona II realizado na Cidade da Praia, face a sua condição de dupla nacionalidade.

Os três atletas “crioulos” radicados no exterior têm passaporte cabo-verdiano mas apenas jogaram a partida inaugural frente a Mauritânia. Como os delegados da FIBA África não reconheceram a sua condição de dupla nacionalidade ficaram impossibilitados de prosseguir no torneio.

O facto levou com que Cabo Verde jogasse cinco das seis partidas com apenas nove jogadores, quando Senegal, Mali e Mauritânia apresentaram doze atletas, razão pela qual Kitana Cabral acusa a FIBA de «estar a complicar a vida à seleção de Cabo Verde».

«Já falei com as autoridades que estiveram no pavilhão desportivo Vává Duarte e tudo indica que iremos para a sede da FIBA em Genebra, Suíça, em setembro para irmos discutir “in loco” todos os detalhes referentes à nacionalidade cabo-verdiana», adianta Cabral, convicto de que os atletas em questão poderão receber o aval da FIBA para integrar o combinado cabo-verdiano na fase final do Afrobasket em Agosto de 2013, na Costa do Marfim.

Apesar deste constrangimento, Kitana Cabral assegura que Cabo Verde tinha-se precavido desta situação, mas sem sucesso.

O Torneio da Zona II do Conselho Superior dos Desportos em África, qualificável para o Afrobasket’2013, foi realizado pela FIBA África de 12 a 18 de agosto na Cidade da Praia e ditou o apuramento das equipas nacionais do Senegal e Cabo Verde, ficando pelo caminho as seleções nacionais do Mali e da Mauritânia.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.