Ciclismo

29-04-2017 19:40

Simon Yates ganha etapa de montanha na Romandia e conquista amarela

O ciclista britânico Simon Yates, da Orica, venceu hoje a quarta etapa da Volta à Romandia, arrebatando a camisola amarela desta prova suíça.
Ciclismo geral
Foto: EPA/VINCENT JANNINK

Ciclismo geral

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O ciclista britânico Simon Yates, da Orica, venceu hoje a quarta etapa da Volta à Romandia, arrebatando a camisola amarela desta prova suíça, que termina no domingo.

Yates terminou a escalada final de Leysin apenas na companhia do australiano Richie Porte (BMC), com 30 segundos de avanço sobre o terceiro posicionado e quase um minuto sobre o anterior líder, o italiano Fabio Fellline, da Trek.

A ligação entre Domdidier e Leysin, na distância de 163,5 quilómetros, era muito seletiva, com quatro contagens de montanha, duas quais duas de primeira categoria - Jaunpass e a final Leysin.

No arranque da tirada, as diferenças entre os primeiros ainda eram recuperáveis, mas foi apenas Yates que decidiu atacar forte, isolando-se na penúltima escalada. Nos quilómetros finais, viria a ser alcançado por Porte, o seu rival para o contrarrelógio de domingo, já que 19 segundos os separam na geral.

O britânico Chris Froome (Sky) esteve ativo na primeira metade da corrida, para depois 'renunciar' e terminar em 33.º, a 1.15 de Yates.

Quem também optou por não apostar na geral final da prova foi o norte-americano Tejay Van Gardenen, o líder da BMC que acabou por trabalhar em prol de Porte, seu colega de equipa.

Para a última etapa, um contrarrelógio de 18 quilómetros, Yates entra com 19 segundos de avanço sobre Porte, 39 sobre o alemão Emmanuel Buchmann (Bora-Hansgrohe) e 44 sobre Felline.

José Gonçalves (Katusha) perdeu 1.32 minutos e André Cardoso (Trek) 2.39. Gonçalves é 34.º, a 1.37 (era sétimo) e Cardoso o 54.º, a 4.52 (era 73.º).

Conteúdo publicado por Sportinforma