Futebol Feminino

09-06-2017 22:50

Francisco Neto preocupado com o cansaço das jogadoras

Seleção vai participar no Europeu daqui a um mês.
Francisco Neto, selecionador nacional futebol feminino

Francisco Neto, selecionador nacional futebol feminino

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O selecionador nacional de futebol feminino, Francisco Neto, disse hoje que, a pouco mais de um mês do início do campeonato europeu que decorrerá na Holanda, a preocupação é o cansaço sentido pela maior parte das jogadoras.

“Essa é a nossa grande preocupação: recuperar para que possamos, no dia 26, entrar em estágio nas melhores condições”, afirmou o técnico aos jornalistas em Viseu, depois de a seleção ter sido recebida pelo presidente da autarquia, Almeida Henriques.

Francisco Neto admitiu que “o final de época é muito massacrante e muito cansativo para a maioria das jogadoras”, considerando que “este estágio serve um bocadinho para as recuperar” e para tomar as decisões relativamente às 23 jogadoras que vão representar Portugal no Europeu, que decorrerá de 16 de julho a 06 de agosto.

“Temos feito uma gestão muito cuidada de todas as atletas”, disse.

Na quinta-feira, em Viseu, a seleção feminina perdeu por 2-1 com o País de Gales, no primeiro de dois jogos de preparação para o Europeu.

Francisco Neto referiu aos jornalistas que “a grande preocupação era melhorar a equipa, fazer um bom jogo” e mostrar qualidade, o que pensa ter acontecido.

“Sem dúvida nenhuma que fomos superiores. Quem esteve no estádio, quem teve a oportunidade de ver o jogo mesmo na televisão, verificou que fomos melhores do que o País de Gales. Domingo (em Mangualde) queremos corrigir o que não correu tão bem e, se possível, ganhar”, acrescentou.

Na receção na Câmara, Almeida Henriques disse que Viseu é “uma cidade muito virada para o desporto” e que “costuma dar sorte às seleções”.

“No desporto a sorte é importante, mas não é fundamental. Nós temos é que nos agarrar àquilo que depende de nós e o que depende de nós é o trabalho, é a dedicação e é o empenho e é isso que esta seleção tem tido, foi isto que a trouxe ao campeonato da Europa”, afirmou Francisco Neto.

No entanto, acrescentou: “mas há momentos em que um bocadinho de sorte também dá jeito, sem dúvida.”

Portugal, 38.º do ‘ranking’ FIFA, irá pela primeira vez participar num Europeu de futebol feminino, integrando o grupo D com Espanha (13.ª), que defrontará em 19 de julho, Escócia (21.ª), em 23 de julho, e Inglaterra (4.ª), em 27 de julho.

Conteúdo publicado por Sportinforma