Girabola

02-06-2017 18:38

1º de Agosto não se vai reforçar para a segunda volta

O vice-presidente para o futebol do 1º de Agosto, Paulo George, afirmou hoje, em Luanda, que a equipa não contratará jogadores no mercado externo.
1º de Agosto
Foto: 1º de Agosto

1º de Agosto

Por SAPO Desporto c/Angop sapodesporto@sapo.pt

O vice-presidente para o futebol do 1º de Agosto, Paulo George, afirmou hoje, em Luanda, que a equipa não contratará jogadores no mercado externo para reforçar o plantel tendo em conta a segunda volta do campeonato nacional de futebol da primeira divisão (GirabolaZap 2017).

O responsável, que falava durante a conferência de imprensa de balanço da primeira volta, avançou a possibilidade de apostarem em jogadores provenientes da equipa B e do escalão de formação do clube, para potenciar e dar espaços aos jogadores da “canteira”.

Por outro lado, reconheceu que o campeão nacional teve muitos problemas durante a primeira fase da prova, devidos às lesões, mas defendeu que o conjunto tem uma equipa sólida e coesa na qual privilegia o trabalho de equipa.

“Nós 1º de Agosto temos alternativas para todas as posições, fruto disso temos colocado vários jogadores natos de uma posição a actuar em outros lugares sem que o ritmo baixa”, frisou.

Acrescentou que as lesões de influentes atletas, como os guarda-redes Dominique e Tony, Isaac, Ibukun e Geraldo, mexeram com o xadrez do plantel, mas esta adversidade deu a oportunidade de se utilizar jogadores jovens, como Julião (guarda redes) e Nelson (médio), que deram conta do situação e ajudaram o clube.


Em 15 jornadas, 1º de Agosto é segundo colocado 33 pontos, fruto de 10 vitórias, três empates e duas derrotas. Está a um ponto do líder Petro de Luanda (34 ponto) e tem mais um ponto que o terceiro colocado, Kabuscorp do Palanca (32).

Conteúdo publicado por Sportinforma