Liga dos Campeões

17-03-2017 15:30

Leicester vai ter de lutar contra a maldição vermelha e branca

Leicester vai ter de enfrentar os espanhóis do Atlético de Madrid, equipa que colocou sempre um ponto final na carreira dos inglesas nas competições da UEFA.
Leicester City's English midfielder Marc Albrighton (2R) celebrates scoring their second goal with teammate Leicester City's English midfielder Danny Drinkwater (3R) and Leicester City's Algerian midfielder Riyad Mahrez (R) during the UEFA Champions League round of 16 second leg football match between Leicester City and Sevilla at the King Power Stadium on March 14, 2017. / AFP PHOTO / Oli SCARFF
Foto: Oli SCARFF / AFP

Jogadores do Leicester celebram o golo na Chmapions

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Foi ao Atlético de Madrid que calhou o Leicester, o atual campeão inglês e o mais apetecido para as restantes equipas, nos quartos de final da Liga dos Campeões.

A equipa inglesa vai ter lutar contra a maldição vermelha e branca, isto porque duas das três participações do Leicester nas competições europeias terminaram por culpa do Atlético de Madrid.

A formação da capital de Espanha nunca perdeu no Vicente Calderón em receção a equipas inglesas, somando cinco vitórias e cinco empates. Em Inglaterra, o registo é diferente, totalizando duas vitórias, quatro empates e quatro derrotas.

Na última visita a Inglaterra, a equipa comandada por Diego Simeone ganhou 3-1 ao Chelsea na meia-final da edição de 2014 da Liga dos Campeões, depois da uma primeira mão sem golos. O autor do golo do Chelsea nesse jogo foi Fernando Torres, que agora veste a camisola ‘colchonera’. Curiosamente, Diego Costa (atualmente representa os Blues) marcou para o Atletico.

Atlético e Leicester encontraram-se duas vezes no passado, com os espanhóis a saírem vitoriosos em ambas ocasiões: Na primeira ronda da Taça das Taças de 1961/62 (1-1 fora e 2-0 em casa) e na primeira eliminatória da Taça UEFA em 1997/98 (2-1 em casa e 2-1 fora).

O encontro da primeira mão está agendada para 12 de abril no Vicente Calderón e, a 18 do mesmo mês, joga-se na cidade inglesa a segunda mão.

Conteúdo publicado por Sportinforma