Buffon

03-05-2017 22:55

"Quero demonstrar que mereço jogar a este nível apesar da minha idade"

O Mónaco perdeu em casa com a Juventus por 2-0 em jogo a contar para a primeira mão das meias-finais da Liga dos Campeões.
Gianluigi Buffon reage à vitória da Juventus sobre o Mónaco
Foto: EPA/GUILLAUME HORCAJUELO

Gianluigi Buffon reage à vitória da Juventus sobre o Mónaco

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

A Juventus venceu hoje no terreno do Mónaco, por 2-0, com dois golos do avançado Higuaín, em jogo da primeira mão das meias-finais da Liga dos Campeões de futebol.

O argentino marcou os golos aos 29 e 59 minutos, adiantando a pentacampeã italiana de futebol na luta pela presença na final da ‘Champions’, marcada para Cardiff, no País de Gales, a 03 de junho, frente à formação monegasca, comandada por Leonardo Jardim e dos lusos Bernardo Silva e João Moutinho.

No final do jogo, o experiente guarda-redes da Juventus Gianluigi Buffon falou do importante triunfo sobre o Mónaco por 2-0 e comentou o facto de estar há seis jogos consecutivos sem sofrer golos na competição.

"Quero demonstrar em cada encontro que mereço jogar a este nível apesar da minha idade. Trabalho duro todos os dias para isto. No dia em que me retirar, espero que as pessoas fiquem tristes com isso", afirmou Buffon em declarações à UEFA.

O jogador da Juventus de 39 anos alcançou a marca dos 100 jogos na Liga dos Campeões, sendo que em 44 encontros terminou sem sofrer qualquer golo. Questionado sobre a qualificação para a final de Cardiff, o internacional italiano recordou que ainda falta um jogo e que é necessário respeitar o Mónaco.

"Fizemos um grande jogo hoje, precisamente o tipo de exibição que precisávamos frente ao Monaco, porque eles têm um grande ataque. Queremos melhorar dia a dia. Estamos perto do nosso objetivo e seriamos ingénuos se, agora, não continuássemos a trabalhar o máximo possível", frisou Buffon.

"Do ponto de vista tático, Massimiliano Allegri tem a sensibilidade necessária para compreender o que é preciso fazer para ganhar um encontro. Podemos dar-lhe os parabéns depois deste jogo. Ainda temos de jogar a 2.ª mão e o Monaco é capaz de tudo graças ao ataque que possui. Temos vantagem mas nada se ganha por antecipação", acrescentou o guarda-redes italiano à beINSports.

Conteúdo publicado por Sportinforma