Liga dos Campeões

04-05-2017 15:30

Atlético motiva-se para a remontada: "Se tiverem de morrer, os meus morrem"

O Atlético Madrid recebe o Real Madrid no dia 10 de maio onde vai tentar da volta aos 3-0 sofridos na primeira-mão no Bernabéu.
Atlético motiva-se para a remontada:
Foto: DR

Atlético motiva-se para a remontada: "Se tiverem de morrer, os meus morrem"

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Os adeptos do Atlético Madrid prometem ajudar a equipa até a última gota de suor, na meia-final frente ao Real Madrird. Os colchoneros vão receber os vizinhos de Madrid com uma desvantagem de três golos, depois do hat-trick de Cristiano Ronaldo na primeira-mão, mas ainda acreditam que é possível dar a volta a eliminatória.

Para mostrar este apoio, os adeptos da equipa estenderam uma faixa de incentivo aos jogadores, no centro de treinos do Atlético.

"Se tiverem de morrer, os meus morrem", foi esta a frase que os jogadores encontraram quando chegaram para treinar. Treino esse que não contou com Vrsaljko, Juanfran, Giménez e Augusto.

Na verdade, esta frase foi retirada de uma declaração de Diego Simeone, numa entrevista que deu ao ´Canal+` em janeiro de 2015.

"Sei que os meus jogadores jogam bem porque é a morrer. E a morrer, os meus morrem, não temem a morte. Sabemos que somos piores que outras equipas, sabemos o que somos, é a nossa virtude, porque no dia em que pensemos que somos melhores, marcam-nos quatro", referiu, na altura, Simeone, quando questionado sobre a competitividade da sua equipa nas eliminatórias importantes.

O Atlético Madrid recebe o Real Madrid no dia 10 de maio onde vai tentar da volta aos 3-0 sofridos na primeira-mão no Bernabéu.

Conteúdo publicado por Sportinforma