Liga dos Campeões

29-05-2017 16:00

Allegri: "Temos de reconhecer que o Real Madrid é favorito"

A final da Champions, entre Juventus e Real Madrid, disputa-se sábado em Cardiff, a partir das 19h45.
Juventus training session
Foto: Lusa

Massimiliano Allegri

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O treinador da Juventus, Massimiliamo Allegri, considerou hoje que a sua equipa não é favorita no jogo com o Real Madrid, atribuindo aos ‘merengues’ o favoritismo na final de sábado da Liga dos Campeões em futebol.

“Estamos na segunda final em três anos. Eles estão acostumados a estes jogos. Temos que reconhecer que jogamos contra o Real Madrid e eles são os favoritos”, assinalou o treinador da equipa italiana.

O técnico aponta esse favoritismo aos espanhóis e pede ao seu plantel que encare a final com “equilíbrio” e “serenidade”, naquilo que diz ser o culminar de uma época de trabalho na ‘Champions’.

“Temos que encarar esta semana com serenidade, preparar o jogo sem ansiedade. O otimismo é necessário, mas não somos favoritos se o Real Madrid vai disputar a terceira final em quatro anos e ganhou duas Ligas dos Campeões”, reiterou Allegri.

O italiano falou no tradicional dia aberto à imprensa, que antecede a final europeia, e aproveitou para elogiar o seu homólogo do Real Madrid, o técnico e ex-futebolista francês Zinedine Zidane.

“Ganhar uma Liga dos Campeões e uma Liga espanhola e chegar a outra final europeia em dois anos não é algo que todos façam. Têm uma qualidade importante, gerir uma grande equipa não é fácil, não é só tática, há muitos fatores”, disse.

Em relação ao plantel ‘merengue’ e há qualidade que tem, o qual conta com Cristiano Ronaldo, Allegri preferiu destacar o médio brasileiro Casemiro, ex-FC Porto.

“O Real Madrid cresceu muito. Casemiro é um jogador com menos qualidade em relação a outros do plantel, mas é ele que dá equilíbrio”, sublinhou o treinador italiano, elogiando também Asensio ou Morata.

Em relação à final de Cardiff, o italiano falou também do reencontro de Higuaín com o Real Madrid, clube do qual saiu em 2013 para o Nápoles.

“O Higuaín tem de estar calmo. Tem que fazer um bom jogo. Antes do jogo com o Mónaco dizia-se que não sabia disputar esse tipo de jogos. Marcou dois golos e penso que Higuaín fará uma grande final”, anteviu o técnico.

O jogo da final da ‘Champions’, entre Juventus e Real Madrid, disputa-se sábado em Cardiff, a partir das 19:45.

Conteúdo publicado por Sportinforma