LIGA DOS CAMPEÕES

03-06-2017 15:03

Campeão Europeu em casa? Bale pode juntar-se a um clube muito restrito

Real Madrid vai participar na final da Champions em Cardiff, local onde nasceu o galês.
Gareth Bale corre para a final em 'sua' casa

Gareth Bale corre para a final em 'sua' casa

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Vencer a Liga dos Campeões é um feito que poucos jogadores no Mundo têm a oportunidade de experienciar durantes as suas carreiras. Vencer uma competição desta envergadura na cidade onde se nasceu é ainda mais raro. Na história da Liga dos Campeões apenas aconteceu por quatro ocasiões e, na final de sábado, pode voltar a acontecer com Gareth Bale.

O jogador do Real Madrid é galês e vai estar em Cardiff para a final entre ‘merengues’ e Juventus com a possibilidade de se juntar a um clube muito restrito como o quinto jogador a vencer ‘em casa’ a Liga dos Campeões.

Apesar de a sua aparição ainda estar em causa no jogo derradeiro com a ‘Velha Senhora’, o galês vai ao País de Gales e, em caso de vitória espanhola, será campeão da Europa mesmo que nem saia do banco de suplentes.

Para já, o clube mantém-se com quatro membros sendo que o mais antigo é Miguel Muñoz na longínqua época de 1956/57. O espanhol, natural de Madrid, fazia parte da equipa do Real Madrid que venceu o segundo de cinco títulos de campeão europeus seguidos. Na altura, a Taça dos Campeões Europeus (Atual Liga dos Campeões) fico no Bernábeu, uma vez que a Fiorentina foi derrotada na final por 2-0.

Foram preciso mais de 10 anos para que o ‘clube’ iniciasse outro membro e, desta vez, com um ‘toque’ português. Alex Stepney, guarda-redes britânico nasceu em Mitcham junto à capital de Inglaterra, local onde, em 1867/68 venceu a Liga dos Campeões pelo Manchester United. No jogo da final, os ‘red devils’ venceram o Benfica por 4-1 num encontro que precisou de prolongamento para ficar decidido.

Na década de 90, o ‘clube de vencedores em casa’ recebeu mais dois hóspedes. No arranque do período, Angelo Di Livio, natural de Roma, venceu o título de campeão europeu de 1995/96 pela Juventus numa final disputada contra o Ajax. No Estádio Olímpico de Roma, a formação da ‘Velha Senhora’ venceu nas grandes penalidades após um empate 1-1.

Mais recentemente, Nicolás Anelka fechou o lote de convidados do ‘clube’ após um triunfo europeu com o Real Madrid. O avançado francês fazia parte da equipa ‘merengue’ que, em 1999/2000 foi ao Estade de France venceu a final frente ao Valência. Natural dos subúrbios de Paris, o internacional francês foi um dos jogadores envolvidos na vitória por 3-0 perante o clube ‘che’.

Gareth Bale pode juntar-se a estes nomes caso vença a presente edição da Liga dos Campeões que se disputa em Cardiff. Tanto Juventus como Real Madrid estão a apenas 90 minutos de se sagrarem campeões da Europa. Enquanto os ‘merengues’ procuram a 12ª Taça os italianos perseguem o terceiro título europeu.

Notícia originalmente publicada a 30/05/2017

Conteúdo publicado por Sportinforma