Espanha

30-11-2016 19:50

Barcelona quase imitava o Real com utilização irregular de um jogador

O Barcelona esteve perto de repetir a ´asneira` do Real Madrid na época passada na Taça do Rei e utilizar um jogador que não reunia os requisitos para jogar.
Real Sociedad vs Barcelona
Foto: JAVIER ETXEZARRETA / EPA

Real Sociedad vs Barcelona

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O Barcelona esteve perto de repetir a ´asneira` do Real Madrid na época passada na Taça do Rei e utilizar um jogador que não reunia os requisitos para jogar, na Liga.

No domingo, no Estádio Anoeta, o Barcelona preparava-se para fazer entrar o brasileiro Marlon para o lugar de Piquè, que estava com dores. O defesa brasileiro chegou a aquecer, foi chamado ao banco e preparava-se para entrar, ouvindo as indicações do treinador adjunto.

Mas a substituição foi travada, pelo que o jogador contratado ao Palmeiras voltou a sentar no banco. Piquè recuperou e aguentou até ao final, mesmo limitado, e o Barcelona ´escapou-se da boa`. De recordar que o jogo entre a Real Sociedad e o Barça terminou empatado a uma bola.

Esta quarta-feira Marlon não foi convocado. A explicação dada pelos catalães é que Marlon está com problemas físicos mas os jornais espanhóis adiantam que não entrou no domingo e não irá atuar esta quinta-feira pelo facto de Marlon poder não cumprir os requisitos para jogar oficialmente.

A explicação é simples: o defesa foi inscrito antes de 31 de agosto, na equipa B do Barcelona, mas, por isso mesmo, a Federação Espanhola exigiu mais tarde documentação adicional para completar o processo, em particular as autorizações de residência e de trabalho. Apesar de ter sido inscrito dentro do prazo, Marlon só viu o processo ficar completo depois do fecho do mercado. Esta situação levanta uma dúvida: pode já jogar ou só pode fazê-lo em janeiro, na abertura do mercado, já que a inscrição só foi finalizada depois do fecho do período de transferências de agosto?

Na dívida, o Barcelona preferiu não arriscar

De recordar que na época passada o Real Madrid foi eliminado da Taça do Rei na secretaria, depois de ter utilizado, de forma irregular, o russo Cheryshev. O avançado devia ter cumprido um jogo de castigo na prova, na sequência de cartões amarelos que vira quando esteve emprestado ao Villarreal. O Real Madrid defendeu-se que não sabia dos amarelos mas isso de nada valeu: os merengues ganharam em campo mas foram eliminados na secretaria.

Conteúdo publicado por Sportinforma