Futebol

25-08-2016 22:36

Presidente do Governo Regional da Madeira felicita Cristiano Ronaldo

Cristiano Ronaldo venceu o prémio de Melhor Jogador da Europa.
Real Madrid Team training
Foto: Lusa

Cristiano Roaldo no treino do Real Madrid

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, felicitou hoje Cristiano Ronaldo por vencer o prémio de Melhor Jogador da Europa da UEFA.

Em comunicado, a Presidência do executivo madeirense informa que "o presidente do Governo Regional da Madeira felicita, em nome da Região e de todos os Madeirenses, o jogador Cristiano Ronaldo pela conquista do prémio de Melhor Jogador da UEFA, relativo à temporada 2015/2016".

Cristiano Ronaldo venceu o prémio de Melhor Jogador da Europa com 40 dos 55 votos (72,7%) e igualou Lionel Messi com dois triunfos na eleição da UEFA.

O avançado francês Antoine Griezmann, do Atlético de Madrid, ficou no segundo lugar, com oito votos, mais um do que extremo galês Gareth Bale, colega de Ronaldo no Real Madrid.

O jogador do Real Madrid e capitão da seleção portuguesa reconquista o troféu depois de um ano de sonho, em que ganhou a Liga dos Campeões ao serviço do clube espanhol e se sagrou campeão europeu por Portugal.

Lionel Messi, do Barcelona, venceu em 2011 e 2015, enquanto Andrés Iniesta (2012) e Franck Ribéry (2013) foram os outros vencedores do prémio anual da UEFA.

Cristiano Ronaldo, na liga espanhola, marcou 35 golos em 36 jogos e fez ainda 11 assistências, enquanto na Liga dos Campeões somou 16 tentos em 12 encontros, e mais quatro assistências, terminando com três golos e três assistências nas sete partidas disputadas por Portugal no Euro2016.

Jornalistas de cada um das 55 federações-membros da UEFA forneceram uma lista inicial com os seus cinco jogadores eleitos, com o primeiro a receber cinco pontos, o segundo quatro e assim sucessivamente. Os dez jogadores com mais pontos avançaram para uma segunda fase de votos, que determinou que Ronaldo, Bale e Griezmann fossem os três finalistas.

A votação final decorreu em direto durante o sorteio da fase de grupos da Liga dos Campeões, com os mesmos 55 jornalistas a elegerem o seu favorito entre os três candidatos através de um sistema eletrónico.

Conteúdo publicado por Sportinforma