Sporting

26-02-2016 17:54

Bruno de Carvalho: "Infantino tem vontade de ouvir novas ideias"

Presidente do Sporting elogia Infantino, novo presidente da FIFA, com quem tem "comunhão de propósitos".
2623b4f23f3a58f06760bbeec539a585cda87949.jpg
Foto: © 2015 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.

Bruno de Carvalho, presidente do Sporting

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, deu hoje os parabéns ao recém-eleito presidente da FIFA, Gianni Infantino, com quem garante ter uma “comunhão de propósitos” na luta pela mudança do futebol.

Numa mensagem publicada na página oficial do clube, o líder dos ‘leões’ lembrou que, enquanto secretário-geral da UEFA, Infantino foi seu interlocutor “numa altura em que as instâncias maiores do futebol mundial quiseram conhecer as propostas do Sporting Clube de Portugal”.

“Logo nessa altura, tivemos oportunidade de reconhecer nele a vontade de ouvir novas ideias e de contribuir para a modernização, credibilização e dignificação do Futebol, nomeadamente, no que diz respeito à regulamentação de todos os agentes desportivos (e de todos aqueles que estão envolvidos no mercado do Futebol) e introdução do vídeo-árbitro”, lê-se na mensagem.

Para Bruno de Carvalho, “o sucesso do novo presidente será também o sucesso de todos os que (...) estão empenhados em recuperar de vez o bom nome, a credibilidade e a verdade do futebol”.

“São estas ligações e esta comunhão de propósitos e de trabalho conjunto que nos levam a saudar Gianni Infantino nesta eleição”, considera o líder dos ‘leões’.

O ítalo-suíço Gianni Infantino foi hoje eleito presidente da FIFA, organismo que tutela o futebol mundial, ao vencer as eleições à segunda volta, sucedendo ao suíço Joseph Blatter.

O secretário-geral da UEFA recebeu, na segunda volta, 115 votos, ficando à frente do xeque Salman bin Ebrahim al-Khalifa (88) e do príncipe jordano Ali bin al Hussein (quatro), enquanto o francês Jérôme Champagne não recolheu qualquer voto. Antes já o sul-africano Tokyo Sexwale tinha desistido.

Infantino é o nono presidente da história da FIFA, sucedendo a Blatter, que, após 17 anos no cargo, deixou a liderança na sequência de um escândalo de corrupção, acabando mesmo por ser suspenso por seis anos.

Conteúdo publicado por Sportinforma