Futebol

05-08-2016 22:30

Sporting vence Algarve Summer por desistência do Nice nos penálties

Jesus não deve ter gostado do que viu já que a equipa cometeu muitos erros defensivos e mostrou algumas lacunas a atacar.
Sporting - Nice
Foto: Lusa

Sporting - Nice

Por Evandro Delgado sapodesporto@sapo.pt

O Sporting venceu a Algarve Summer Cup ao empatar a zero bolas com os franceses do Nice. O jogo devia ser decidido nas grandes penalidades mas o Nice teve de sair mais cedo já que tinha de apanhar um voo de regresso para França. Sendo assim, foi atribuída ao Sporting a vitória no jogo por... falta de comparência do adversário.

Apesar disso, Jesus não deve ter gostado do que viu já que a equipa cometeu muitos erros defensivos e mostrou algumas lacunas a atacar. Sem as principais peças, o Sporting pouco fez para incomodar o Nice no segundo tempo. Na próxima semana os “leões” recebem o Marítimo no arranque da Liga 2016/2017.

Tal como tinha prometido na quinta-feira, após a derrota com o Bétis por 3-2na Ibéria Cup, Jorge Jesus apresentou um onze já mais perto daquele que deverá subir ao relvado na primeira jornada da liga, frente ao Marítimo. A dúvida está na frente de ataque, onde Alan Ruiz, que fez dupla com Bryan Ruiz, deverá ser rendido por Slimani.

Os primeiros minutos pertenceram ao Nice, equipa orientada por Claude Puel. Sem o português Ricardo Pereira (lesionado) mas com o lateral Dalbert, ex-V. Guimarães, a formação que ficou em 4º lugar na Liga Francesa na última temporada criou vários problemas ao último reduto leonino. Aos cinco minutos, Seri, ex-FC Porto e ex-Paços Ferreira, entrou na área e cruzou com muito perigo. Dois minutos foi Plea a aparecer isolado perante Rui Patrício mas a rematar para fora, num lance em que a defensiva leonina mostrou fragilidades organizativas.

A reação do Sporting não se fez esperar e apareceu por Bryan Ruiz em dois bons momentos: aos 22 minutos recebeu um passe na área e tentou o chapéu mas o guarda-redes Cardinale defendeu. Aos 27, outra vez o costa-riquenho a responder bem a um cruzamento de Schelotto mas o guarda-redes do Nice, com uma boa defesa, evitou o golo.

Sempre melhor no encontro, após o susto inicial, o Sporting tentava marcar de todas as formas. Bruno César lançou uma ´bomba` de fora da área que ficou nas malhas laterais. Depois foi Alan Ruiz, aos 40, a atirar de longe para boa defesa de Cardinale. A mais flagrante oportunidade da primeira parte pertenceu a Plea, numa grande penalidade, aos 43 minutos. Schelotto derrubou Esseryc na área mas, na transformação do castigo máximo, Rui Patrício levou a melhor sobre Plea e defendeu o remate do atacante francês.

No segundo tempo Jesus fez entrar Slimani, Zeegellar, Gelson, Petrovic, João Pereira, Meli, Podense e Iuri Medeiros mas o Sporting já não foi tão forte como no primeiro tempo.

Se o ataque mostrava fragilidades, a defesa também não ajudava. Muitas perdas de bola ainda no meio-campo do Sporting, falta de coordenação entre os elementos mais recuados. Koziello podia ter aproveitado para marcar aos 61 mas o seu ´chapéu` saiu por cima. Aos 81 foi Plea a ter na cabeça a grande oportunidade do Nice em marcar mas Rui Patrício voou e negou o golo ao avançado com uma palmada.

Do lado do ataque do Sporting, destaque apenas para um remate enrolado de Slimani que passou muito perto do poste direito de Cardinale, perto do final do jogo.

O jogo devia ser decidido nas grandes penalidades mas o Nice não ficou para os penáltis já que tinha de apanhar um voo ainda para França. Sendo assim, foi marcado falta de comparência à formação francesa e a vitória nos penáltis pertenceu ao Sporting, que assim venceu o Algarve Summer Cup com... um empate.


O troféu acabou por não ser entregue no relvado porque alguns adeptos invadiram o campo do Estádio do Algarve.

Conteúdo publicado por Sportinforma