Sporting

23-03-2017 09:41

Van Der Linden: “Mau feitio de Bas Dost tornou-o numa máquina”

Antigo jogador do Marítimo conhece o holandês desde os 15 anos.
Bas Dost marca penalti
Foto: PAULO NOVAIS

Bas Dost, jogador do Sporting

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Van Der Linden afirmou que um dos traços de personalidade de Bas Dost que o fez jogador foi o seu mau feitio. Ao jornal A Bola, o antigo jogador do Marítimo recordou os tempos em que partilhou balneário com o goleador do Sporting e teceu rasgados elogios ao camisola 28 dos ‘leões’.

“Sempre que alguma coisa não lhe corria bem era coisa para durar uns dias até lhe passar a má disposição. Quando o voltei a encontrar no Heracles, essa personalidade mantinha-se. O mau feitio tornou-o numa máquina”.

Amigo pessoal do holandês, Van Der Linden conhece o avançado do Sporting desde os 15 anos quando o viu pela primeira vez na formação do Emmen. Mais tarde, depois de deixar o Marítimo, voltou a encontrar o ponta de lança no Heracles.

“Tive de regressar à Holanda em 2009. Era a segunda época de Bas Dost no Heracles e os golos falam por si. Ele fez 15 nessa época e o clube acabou mesmo por vendê-lo para o Heerenveen. Naquela altura, lembro-me de que o valor da transferência entrou no top das maiores entre clubes holandeses”.

Bas Dost chegou esta temporada ao Sporting vindo da Liga Alemã. No seu primeiro ano de ‘leão’ ao peito segue como melhor marcador do campeonato português e segundo melhor marcador na corrida para a Bota de Ouro

Conteúdo publicado por Sportinforma