Football Talks

23-03-2017 16:43

Roberto Carlos: "Ronaldo mudou o seu estilo de jogo mas continua a ser importantíssimo"

Antigo internacional brasileiro marcou presença no Football Talks
Roberto Carlos
Foto: Chandan Khanna / AFP

Roberto Carlos

Por Eduardo Santiago e Inês Antunes sapodesporto@sapo.pt

Roberto Carlos, antigo internacional brasileiro, foi uma das figuras de destaque neste segundo dia do Football Talks. O ex-jogador do Real Madrid falou sobre a seleção de Portugal, campeã europeia em título, nomeadamente do seu capitão, Cristiano Ronaldo.

"Se Portugal poderá ser campeão do Mundo? Com Cristiano Ronaldo, sim", começou por responder aos jornalistas, à margem do evento que decorre no Estoril.

"O Cristiano está muito bem. Mudou um pouco o seu estilo de jogo, mas continua a ser importantíssimo, tanto no Real Madrid como na seleção. É o jogador que todas as equipas gostariam de ter. É o atual número um e é um orgulho tê-lo no Real Madrid", referiu.

Questionado sobre qual o melhor jogador, o compatriota Neymar ou o avançado português, Roberto Carlos respondeu de forma politicamente correta: "Os dois são grandes jogadores. Um é o nosso capitão da seleção brasileira, outro é o capitão de Portugal e joga no meu clube Real Madrid. Tenho a sorte de ter esses dois jogadores. É claro que num Real Madrid-Barcelona vou torcer pelo Cristiano", salientou.

O ex-jogador acredita ainda que Portugal poderá fazer uma boa campanha na Taça das Confederações e diz mesmo que vai torcer pela equipa das quinas. "A Taça das Confederações é uma boa preparação para o Mundial. Portugal tem jogadores de alto nível, são os atuais campeões Europeus. Nós brasileiros vamos torcer por Portugal na Taça das Confederações, um pouco menos no Mundial, porque o Brasil vai lá estar", disse.

Roberto Carlos mostrou ainda algumas dificuldades em responder qual era, na sua opinião, a melhor seleção do momento: Portugal ou Brasil. "Deixa eu ver... O problema é que o Brasil tem cinco Campeonatos do Mundo. Melhorámos muito com Tite. Usam muitas pessoas da nossa época como exemplo, mas esta seleção é jovem e vai melhorar muito", vincou.

Veja o vídeo

Conteúdo publicado por Sportinforma