Futebol

04-04-2017 11:50

FC Porto segue Alan Guimarães e Marquinhos Cipriano, duas promessas brasileiras

O FC Porto está atento à Alan Guimarães e Marquinhos Cipriano, dois jovens jogadores brasileiros, pertencentes a Palmeiras e São Paulo respetivamente.
Estádio do Dragão
Foto: Валерий Дед

Estádio do Dragão

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O FC Porto está atento à Alan Guimarães e Marquinhos Cipriano, dois jovens jogadores brasileiros, pertencentes a Palmeiras e São Paulo respetivamente. Quem o garante é o jornal OJogo na sua edição desta terça-feira.

Diz a publicação que o FC Porto já sinalizou os dois jovens e tem seguido atentamente as suas carreiras, mas só deverá avançar por uma abordagem depois de junho, já que nesta altura a SAD não tem capacidade financeira para investir em jogadores.

Marquinhos Cipriano é um avançado móvel de 18 anos, internacional sub-17 e sub-18 pelo Brasil. O jovem do São Paulo tem uma cláusula de rescisão de 30 milhões de euros, mas o seu contrato termina em 2018, pelo que o clube brasileiro poderá negocia-lo por um baixo valor, sob pena de o ver sair a custo zero.

Já Alan Guimarães tem 17 anos, joga no Palmeiras e recentemente esteve no campeonato sul-americano da categoria onde marcou três golos no jogo decisivo frente ao Chile. É um número 10 mas pode jogar mais atrás, no papel de um 8. O seu empresário é Juan Figer, que tem uma boa ligação com Pinto da Costa. Figer era empresário de Hulk quando este chegou ao FC Porto. O Palmeiras tem grande esperança em Alan Guimarães, a tal ponto que o blindou com uma cláusula de rescisão de 50 milhões de euros.

Se o negócio de Alan é mais complicado, o de Marquinhos Cipriano pode ser mais fácil. Aquando da venda de Maicon ao São Paulo, o FC Porto ficou com direito de opção sobre dois jogadores do clube até ao máximo de três milhões de euros. Um deles já foi escolhido (Inácio joga na equipa B do FC Porto), falta um para fechar o negócio Maicon.

Conteúdo publicado por Sportinforma