Belenenses

02-05-2017 13:10

Abel Camará: "Esta situação ultrapassou todas as marcas"

Jogador do Belenenses vai apresentar queixa contra adeptos que o agrediram.
Abel Camará
Foto: MIGUEL A. LOPES / LUSA

Abel Camará

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O capitão do Belenenses, Abel Camará, lamentou a tentativa de agressão de que foi alvo, juntamente com a mulher grávida, por parte de alguns adeptos dos azuis do Restelo, após a derrota de domingo com o Paços de Ferreira.

Com o apoio do presidente do Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF), Joaquim Evangelista, o jogador revelou que vai apresentar uma queixa contra os agressores.

"Alguns adeptos têm-me usado como patinho feio da equipa, o que não é justo. Estou há oito anos no Belenenses e tenho dado tudo pelo clube. Agradeço ao grupo de trabalho estar aqui a apoiar-me", salientou o avançado dos ‘azuis’ do Restelo.

“Chegou a altura de falar. Nunca me levantei para dizer 'basta', mas a situação do último domingo ultrapassou todas as marcas", começou por dizer, em conferência de imprensa.

"Enquanto forem só as mensagens no Facebook e os assobios, eu consigo lidar com isso. Mas tendo em conta que isto já passou para a parte física e que a minha mulher estava grávida... Estamos muito triste com a situação. Tenho dado muito pelo Belenenses. É injusto o que certos adeptos tentam fazer comigo. Esta última situação deixou-me mesmo de rastos. Porque são muitas acusações, todas elas falsas", reforçou.

Abel Camará lamentou ainda a indiferença revelada por Patrick Morais de Carvalho, presidente do clube.

"Esse senhor, até hoje, nunca veio ao nosso balneário falar com o plantel. E não pode dizer que não aconteceu nada de grave, porque não estava presente no local quando fui insultado pelos adeptos. Só não aconteceu nada de grave porque alguns companheiros e amigos ajudaram a resolver a situação", referiu.

Tiago Caeiro foi um dos colegas do plantel do Belenenses que marcou presença ao lado de Abel Camará num gesto de solidariedade. "Estamos aqui todos para demonstrar o nosso apoio ao Abel. Ninguém como ele dá tudo pelo clube. Apelo a todos os adeptos para que este tipo de situações não volte a acontecer", afirmou o jogador.

Conteúdo publicado por Sportinforma