Futebol

02-05-2017 14:50

Bota de Ouro. Bas Dost luta com um ´extraterrestre`e não está a ser fácil

O holandês lidera destacado a lista dos melhores marcadores em Portugal, com 31 golos 28 jogos.
Bas Dost marca mais um frente ao SC Braga
Foto: Lusa

Bas Dost marca mais um frente ao SC Braga

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Se retirarmos Messi da equação, o Museu do Sporting estaria bem mais perto de receber mais uma Bota de Ouro, troféu que premeia o melhor marcador dos principais campeonatos europeus. Mas ainda faltam três jogos e, até lá, Bas Dost pode ultrapassar Messi e vencer o troféu de Melhor marcador dos principais campeonatos europeus.

Depois de um início titubeante, Bas Dost começou a perceber Jesus e também os colegas e passou a mostrar ao que vinha: marcar golos. O holandês lidera destacado a lista dos melhores marcadores em Portugal, com 31 golos 28 jogos. O segundo melhor marcador da prova é Soares (FC Porto) com 19 golos.

A importância de Bas Dost no Sporting não pode ser ignorada. O jogador marcou 50 por cento dos golos da equipa na I Liga, sendo que a maioria foi de cabeça (10) e de pé direito (20 golos). O holandês bisou por nove vezes, fez três hat-trick um poker.

A veia goleadora do holandês atirou-o para uma luta que ultrapassa fronteiras e colocou-o a ombrear com os melhores do mundo. E contra os melhores do Mundo, Bas Dost tem dado conta do recado. Há muito que avançado do Sporting vem lutando pela Bota de Ouro e até poderia estar na liderança se realmente lutasse apenas com os melhores. É que pelo meio há um ´extraterrestre` chamado Lionel Messi que não pára de marcar em Espanha. O argentino do Barcelona soma 33 golos marcados, mais dois que Bas Dost, sendo que beneficia ainda do facto de estar num campeonato com 38 jornadas, mais que quatro que a Liga Portuguesa.

No passado domingo, Bas Dost encurtou distâncias para Messi com o hat-trick ao Braga, mas mesmo assim está a dois golos do craque argentino, quando faltam três jogos a cada um nas respetivas ligas. O Sporting vai jogar com Belenenses, Feirense e Chaves, o Barça medirá forças com Villarreal, Las Palmas e Eibar.

Edison Cavani poderia estar nesta luta entre Bas Dost e Messi mas o avançado do PSG é prejudicado pelo facto de a Liga Francesa ter um coeficiente menor, ou seja, cada golo vale 1,5 pontos, ao contrário das ligas espanhola e portuguesa onde um golo vale dois pontos. Cavani leva 31 golos marcados na Ligue 1.

Em terceiro lugar na luta pela Bota de Ouro está Robert Lewandowski do Bayern Munique. O polaco ultrapassou Pierre-Emerick Aubameyang, do Borussia Dortmund, e leva 28 golos marcados na Liga Alemã, mais um que o gabonês. Suárez, colega de Messi no ataque do Barcelona, tem 26, mais um que Andrea Belotti do Torin e Edin Dzeko da AS Roma, ambos com 24.

Cristiano Ronaldo, que venceu a Bota de Ouro em 2007/2008, 2013/2014 e 2014/2015, tem apenas 20 golos marcados em 26 jogos.

Caso Messi vença o prémio, iguala o avançado português com três títulos. De recordar que o argentino foi o primeiro a vencer o prémio com 50 golos marcados. Aconteceu na época 2011/2012. Em 2014/2015 CR7 esteve lá perto, ao terminar a Liga Espanhola com 48 golos marcados.


Tabela da Bota de Ouro

1 - Lionel Messi (Barcelona): 66 pontos/33 golos (31 jogos)
2 - Bas Dost (Sporting): 62 pontos/31 golos (28 jogos)
3 - Robert Lewandowski (Bayern Munique): 56 pontos/28 golos (30 jogos)
4 - Pierre-Emerick Aubameyang (Borussia Dortmund): 54 pontos/27 golos (30 jogos)
5- Suárez (Barcelona): 52 pontos/26 golos (34 jogos)

Conteúdo publicado por Sportinforma