Sporting

22-05-2017 08:31

Jorge Jesus: "Só a Academia não chega para ganhar títulos"

Técnico reafirma que para lutar pelo título não pode ficar dependente apenas dos valores da formação.
Técnico reafirma que para lutar pelo título não pode ficar dependente apenas dos valores da formação.

Técnico reafirma que para lutar pelo título não pode ficar dependente apenas dos valores da formação.

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O Sporting recebeu e venceu o Desportivo de Chaves por 4-1, no jogo que encerrou a I Liga de futebol, no qual o holandês Bas Dost marcou três golos.

Num arranque 'demolidor', o Sporting chegou aos 2-0 aos 15 minutos, com dois tentos do internacional holandês, e fechou a primeira parte a vencer já por 3-0, depois do golo de Matheus Pereira, aos 30. William, aos 60, ainda reduziu para os flavienses, mas Bas Dost, aos 90+1, anotou o terceiro da sua conta, na conversão de uma grande penalidade, confirmando-se como melhor marcador português, tendo ficado na segunda posição a nível europeu, logo atrás do argentino Messi. O Sporting encerrou o campeonato na terceira posição com 70 pontos, enquanto o Chaves foi 11.º com 38.

No final do jogo em Alvalade, Jorge Jesus foi questionado sobre o que faltaria ao Sporting para lutar por um título que lhes foge há 16 anos.

"É preciso recuperar muito tempo perdido. Não chega ter um bom treinador e bons jogadores. É importante mas é preciso mais coisas que o presidente tem vindo a fazer para lutar e chegar ao nível dos rivais", começou por dizer Jorge Jesus em conferência de imprensa.

Em relação a alguns jogadores de formação que podem ser integrados no plantel principal da próxima época como Francisco Geraldes, João Palhinha, Podence e Matheus Pereira, o técnico leonino afirmou que para o Sporting ser campeão não pode estar dependente apenas da Academia.

"Só a Academia não chega. Este clube anda há 16 anos à procura do título. Enquanto for só a Academia a sustentar a qualidade da equipa, vai ser curto para conquistar o título. Temos aproveitar a qualidade que vem da Academia e depois conseguir jogadores como Bas Dost ou Alan Ruiz para ter uma equipa forte. O Sporting não está habituado a contratar jogadores por dez milhões de euros (Bas Dost) mas é com esse que a equipa fica mais forte. Os rivais compram por 20 milhões e é preciso fazer o equilíbrio financeiro para estar ao nível deles", acrescentou Jorge Jesus.

Conteúdo publicado por Sportinforma