Benfica

30-05-2017 20:42

Varandas Fernandes: "Quem está com dificuldades em contratar um treinador não é o Benfica, é o FC Porto"

Vice-presidente do Benfica não deixa Pinto da Costa sem resposta às provocações sobre Béla Gútmann.
Varandas Fernandes com Luís Filipe Vieira e vários elementos da equipa do presidente do SL Benfica
Foto: Manuel de Almeida

Vice-presidente do Benfica não deixa Pinto da Costa sem resposta às provocações sobre Béla Gútmann.

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Varandas Fernandes reagiu esta terça-feira às provocações do presidente do FC Porto sobre a ausência de títulos europeus por parte do Benfica desde a afamada 'maldição de Béla Gutmann', e respondeu a Pinto da Costa na mesma 'moeda'.

Em declarações recentes nas comemorações do 30º aniversário da conquista da Taça dos Campeões Europeus de 1987, Pinto da Costa voltou ao seu registo sarcástico para enviar 'farpas' ao Benfica, e usou o antigo técnico de Benfica e FC Porto como 'arma de arremesso'.

"Felizmente não foi um acidente [a conquista da Taça dos Campeões Europeus]. Felizmente, o Bella Gutmann nunca foi mal tratado por nós. Depois daquela, vieram mais seis", disse na altura Pinto da Costa, em referência à alegada maldição dos '100 anos sem títulos europeus' lançada pelo técnico húngaro após a sua saída dos 'encarnados'.

Ora, em declarações à Rádio Renascença, o vice-presidente do Benfica recorreu a exemplos do passado recente do FC Porto para dar 'troco' ao histórico líder portista.

"Quem trata mal os treinadores não é o Benfica. Não foi o Benfica que tratou mal o Vítor Pereira, não foi o Benfica que tratou mal o Paulo Fonseca, não foi o Benfica que tratou mal o Lopetegui, não foi o Benfica que tratou mal o Peseiro, não foi o Benfica que tratou mal o Nuno Espírito Santo", começou por dizer Varandas Fernandes, acrescentando que, "quem está com dificuldades em contratar um treinador não é o Benfica, é o FC Porto".

O dirigente do Benfica foi ainda questionado sobre a recente aproximação de Sporting e FC Porto, mas preferiu não se alongar em comentários.

"Não sei se juntaram para ser mais fortes ou mais fracos. O Benfica parte sempre para todos os campeonatos com o mesmo espírito. Preocupa-me mais o Benfica do que os outros clubes", disse.

Conteúdo publicado por Sportinforma