FC Porto

08-06-2017 18:30

Sérgio Conceição promete títulos para maio de 2018

Sérgio Conceição foi hoje apresentado como novo treinador do FC Porto, vice-campeão nacional de futebol.
Sérgio Conceição estreia-se ao comando do Nantes com vitória sobre o Montpellier
Foto: JEAN-SEBASTIEN EVRARD

Sérgio Conceição, o novo treinador do FC Porto

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

Sérgio Conceição foi hoje apresentado como novo treinador do FC Porto, vice-campeão nacional de futebol, e, nas primeiras palavras enquanto técnico dos 'dragões', mostrou-se ambicioso e prometeu títulos já no final da época.

O novo treinador garantiu que em maio do próximo ano estará mais feliz do que no dia de hoje.

"Estou feliz hoje, mas estarei ainda mais em maio, com a conquista de títulos. Obrigado aos que acreditaram em mim e aos que não acreditam, a melhor forma de responder é com resultados. Tenho consciência do que quer este clube, estar ao melhor nível, e o melhor nível é conquistar títulos", referiu.

O sucesso para as conquistas não é segredo para Sérgio Conceição, que não se inibiu em dizer qual vai ser o processo para trabalhar a equipa.

"Temos de ser exigentes, rigorosos, disciplinados no nosso dia a dia, para no fim dar a todos os portistas a alegria de conquistar títulos. Foi por isso que aceitei o desafio, não foi fácil, mas foi com enorme alegria e amor ao clube que vim e estou convencido de que vou conseguir em maio estar feliz e os portistas estarem felizes", reforçou ainda.

Sérgio Conceição é conhecido pelo seu temperamento intempestivo e determinado e, na primeira conferência de imprensa, garantiu que não vai fugir da sua essência em nenhuma altura.

"Não vou ter problemas em dizer o que penso. Não é uma questão de obsessão. Perguntar a um treinador do FC Porto se pensa ganhar uma Taça de Portugal... Isso é o mínimo que tem de acontecer nesta casa. De qualquer forma, há essa vontade de conseguir o campeonato, esse é o título principal e, obviamente, chegar o mais longe possível na Liga dos Campeões", apontou.

Sobre a construção do plantel para a próxima temporada, o novo treinador não se mostrou preocupado e revelou que o objetivo é ter uma equipa "muito competitiva".

"Isso são situações que vou falar com o presidente e com a direção. A seu tempo, falaremos. Compreendo o momento dos clubes. Não digo que não vão sair jogadores, mas não vai existir problema nenhum. Vamos ter um FC Porto muito competitivo no próximo ano, isso posso garantir", frisou ainda.

Para Sérgio Conceição uma coisa é certa: "Não vim para aqui para aprender, venho para ensinar. Em sete anos como treinador, tentei sempre potenciar os jogadores para a conquista dos três pontos. A minha matriz de jogo no FC Porto será diferente em relação às minhas anteriores equipas. Vamos trabalhar com qualidade. Ganhar no grito já não existe, é preciso inteligência na leitura de jogo e no dia a dia. Estamos preparadíssimos para este desafio."

"Sei que não é fácil trabalhar comigo, mas tenho consciência de que no final de cada época, os jogadores foram potenciados e fi-los crescer", finalizou.

Conteúdo publicado por Sportinforma