Sporting

14-07-2017 12:18

Os novos ‘leões’ mostraram garras, mas têm de ser afiadas

Sporting apostou forte no mercado e ganhou várias opções novas, mas que ainda necessitam de tempo.
Mathieu, jogador do Sporting
Foto: Sporting CP

Mathieu é um dos jogadores novos em Alvalade

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O Sporting cumpriu o seu terceiro jogo de pré-temporada e já contou com os novos reforços para esta nova temporada. Apesar de ainda ser cedo e de o trabalho de Jorge Jesus ainda estar em fase primária, já começaram a surgir algumas indicações dentro do grupo de trabalho dos ‘leões’.

Entre ataque e defesa, com passagem pelo meio-campo, Jorge Jesus conta com várias opções para atacar a próxima temporada. Na Suíça, as ‘caras novas’ são a grande novidade e houve quem já conquistasse os corações dos adeptos.


André Pinto

O defesa central foi o primeiro reforço anunciado para esta temporada ainda antes da última ter terminado. Nos encontros que já disputou mostrou argumentos, mas não deverá arrancar o campeonato com a titularidade face à presença de MAthieu e Coates. Mostrou serviço frente ao Valência, mas o cansaço pesou.

Piccinni

O defesa direito foi o reforço que menos mostrou até agora. Chegado do Bétis, deve assumir o lado direito da defesa do Sporting, mas ainda precisa de algum trabalho da parte de Jorge Jesus. Até agora mostrou ter argumentos ofensivos, mas deixa alguns descuidos na parte defensivas. O pulmão não dura para tudo e frente ao Valência esteve em dificuldades.

Bruno Fernandes

Com toques de Maestro, Bruno Fernandes tem sido um dos melhores em termos de reforços. O médio que chegou da Sampdoria esteve em grande nível frente ao Fenerbahce e voltou a mostrar apontamento frente ao Valência, mas sem a mesma frescura do primeiro jogo. Tem tudo para ser feliz em Alvalade.

Mathieu

A sua contratação demorou e arrastou-se até ser oficial, mas valeu a pena a espera por parte de Jorge Jesus. O central francês mostrou que tem argumentos para assumir uma parceria com Coates e denotou tendências de querer sair a jogar. Apesar da veterania continua seguro, mas a vertente física ficou à vista no segundo jogo em dois dias.

Doumbia

Melhor no primeiro jogo do que no segundo, Doumbia mostrou que tem força, sede de golo e que só vê baliza quando está em campo. Rendeu Bas Dost no primeiro jogo e colocou-se lado a lado com o holandês no segundo. Aparenta ser uma boa opção para o Sporting, mas ainda há algumas dúvidas sobre onde vai encaixar no Sporting.

Mattheus Oliveira

Bom toque de bola e exímio na marcação de livres, Mattheu Oliveira tem feito para receber uma oportunidade por parte de Jorge Jesus. Suplente utilizado nos dois encontros entrou bem, mas a precisar de mostrar mais agressividade. Jogou melhor no centro do que quando foi colocado à esquerda.

Battaglia

O médio ex-SC Braga mostrou que tem mais argumentos a jogar à frente em vez de mais recuado. Testado por Jorge Jesus em ambas as posições, esteve melhor na vertente ofensiva do encontro. Esforçado, mas ainda sem entrosamento com o resto da equipa. Precisa de mostrar mais para ser titular.

Fábio Coentrão

Titular nos dois encontros que disputou, apresentou um jogo acima da média e um abaixo da média. O defesa que chegou por empréstimo do Real Madrid esteve seguro frente ao Fenerbahce, mas deu muitos espaços nas suas costas contra o Valência. O cansaço esteve em evidência neste segundo encontro.

Iuri Medeiros

Um dos regressos mais promissores para o Sporting. Rápido, bom de bola e sempre apontado à baliza esteve em bom plano nos dois jogos, mas a vertente física prejudicou-o contra o Valência. Ligação com Piccini precisa de ser trabalhado para o futuro.

Jonathan Silva

Regressado do Boca Juniores para integrar o plantel mostrou motivos que merecem um lugar na equipa. Com bons pormenores nas partidas disputadas vai ser a concorrência para o lugar de defesa esquerdo. Frente ao Valência, ‘fechou’ o lado esquerdo da defesa que tinha sido o alvo preferencial dos valencianos.

O Sporting volta a jogar no próximo sábado frente ao Basileia na Suíça. Até lá, os ‘leões’ continuam em terras helvéticas a trabalhar com Jorge Jesus para preparar a temporada que se avizinha a passos largos.

Conteúdo publicado por Sportinforma