Gil Vicente

03-07-2010 18:30

Início dos trabalhos com nove reforços

Com um plantel ainda incompleto e por definir, o Gil Vicente, equipa que milita na Liga de Honra em futebol, iniciou hoje os trabalhos com vista à temporada 2010/2011.
Início dos trabalhos com nove reforços

Por Sapo Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

Para já, o grupo é composto por 20 atletas, mais 11 que têm a sua situação indefinida, mas, segundo o técnico Paulo Alves, o elenco nunca ultrapassará os 24 jogadores.

No lote de nove reforços, há a salientar os regressos de João Pedro, Luís Manuel e João Vilela, e os três elementos cedidos no âmbito do protocolo com o Esportivo de Santo André, da segunda liga brasileira do Estado de S. Paulo.

Na baliza gilista, vão estar César Luz, que veio do Inter de Santa Maria, do Brasil e o ex-FC Vizela Murta.

Os treinos decorrerão em Barcelos e em Ofir e o jogo de apresentação aos sócios está marcado para 14 de Julho, pelas 21:00, frente ao Sporting de Braga.
Com um orçamento global a rondar o milhão e duzentos mil euros, o Gil Vicente parte com ambição moderada: “O objectivo é andarmos sempre nos lugares cimeiros da classificação”, disse o presidente António Fiúza.

O presidente gilista considera que “um clube como o Gil Vicente nunca deve lutar para não descer, tem que pensar sempre em subir de divisão”, muito embora tenha consciência que “existem sete ou oito equipas que também têm os mesmos objectivos”.

“O plantel está longe de estar fechado, até porque virão mais dois ou três jogadores que, pela sua qualidade, serão o núcleo duro da equipa e estamos a aguardar as dispensas dos três grandes”, prosseguiu.

Por seu lado, o treinador Paulo Alves reconhece que a liga de honra continua a ser muito competitiva e por isso “é necessário fazer um trabalho de base com consistência para que possa dar frutos no futuro”.

“Para conseguirmos os nossos objectivos, temos que estar ao nível dos outros e ter os pés bem assente na terra. Para já, não vale a pena falar de subida. Primeiro temos que trabalhar e depois, com o desenrolar da competição, é que vemos as possibilidades. O factor sorte também é importante”, concluiu.

O primeiro jogo de preparação do Gil Vicente está marcado para 10 de Julho, frente ao Desportivo das Aves, no Estádio Adelino Ribeiro Novo, em Barcelos.

Depois da apresentação, face aos “arsenalistas”, o Gil Vicente defronta o Varzim (17 de Julho), o Paços de Ferreira (21), a Oliveirense (24), o Trofense (28) e o Varzim (31).