IIª Liga

19-04-2017 17:40

FC Porto B empata a dois golos com o Gil Vicente

Areias garantiu golo do empate da equipa secundária portista a cinco minutos do final do encontro.
FC Porto B
Foto: FC Porto

FC Porto B garantiu empate na partida depois de estar a perder por 2-1

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O FC Porto B e o Gil Vicente empataram (2-2), em jogo da 37.ª jornada da 2.ª liga, acabando assim a série de vitórias de ambas as equipas na competição.

Com três vitórias consecutivas, o FC Porto B chegou à vantagem à passagem dos 10 minutos da partida, com um golo de Kayembe, mas viu mudar o rumo do jogo no início da segunda parte, com Arthur (50') e Avto (55') a fazerem os golos gilistas, que traziam na bagagem cinco triunfos seguidos, tendo Areias empatado a cinco minutos do final.

Na primeira jogada de perigo, os dragões colocaram-se na frente do marcador, na sequência de uma jogada de insistência, com Inácio a encontrar Kayembe no interior da grande área que cabeceou para o fundo das redes.

Pouco antes do golo portista, Avto desperdiçou uma boa hipótese ao atirar por cima, o que marcou a toada dos barcelenses na primeira parte que poderiam ter feito mais e melhor diante da baliza de Gudiño, principalmente por Paulinho, aos 17 minutos, que tentou surpreender o 'guardião' com um 'chapéu' que saiu desviado.

Logo no início da segunda parte, o Gil Vicente deu a volta ao marcador, primeiro por intermédio de Arthur, aos 50 minutos, depois de um grande trabalho de Alphonse, que fugiu a um adversário, segurou e 'despachou' Chidozie, para depois colocar o golo nos pés do brasileiro que fuzilou Gudiño.

Quatro minutos depois, o mesmo Chidozie tem uma entrada perigosa sobre Paulinho, acabando por acertar na face do atacante, resultando numa grande penalidade. Chamado a converter, Hugo Firmino atirou para boa defesa do guarda-redes mexicano, mas na recarga Avto coloca os gilistas em vantagem.

O FC Porto B pressionou e, aos 57 minutos, um erro de Vozinha quase permitia o empate a André Pereira mas o avançado não aproveitou, sendo que seis minutos mais tarde, Rui Moreira disparou ao poste, para, na insistência, André Pereira cabecear para uma boa defesa de Vozinha.

A cerca de 15 minutos para o apito final, António Folha arriscou tudo no ataque, trocando dois avançados por um médio e um defesa, colocando os seus pupilos a praticar um futebol direto, algo que não estão habituados.

Aos 85 minutos, a aposta do treinador portista acaba por dar frutos, com o golo do empate a surgir por Areias, apenas dois minutos depois de entrar, que isolado por Kayembe bate Vozinha.

Conteúdo publicado por Sportinforma