Taça das Confederações

26-06-2017 11:05

Nani a um jogo de ultrapassar Fernando Couto nos mais internacionais

Extremo do Valência chegou às 110 internacionalizações contra Nova Zelândia.
Nani iguala Fernando Couto no 3.º lugar dos mais internacionais
Foto: SAPO Desporto

Nani, jogador português

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

Nani pode na quarta-feira ultrapassar Fernando Couto e tornar-se sozinho no terceiro jogador da história com mais jogos pela seleção portuguesa de futebol, caso some a 111.º internacionalização frente ao Chile, nas meias-finais da Taça das Confederações.

Se for utilizado pelo selecionador Fernando Santos em Kazan, o extremo português, de 30 anos, passa definitivamente o antigo defesa central na lista de futebolistas que mais vezes vestiram a camisola das ‘quinas' e fica apenas atrás de Cristiano Ronaldo, que leva 142, e de Luís Figo, que terminou a carreira com 127.

Nascido a 17 de novembro de 1986, Nani começou o seu trajeto na seleção principal a 01 de setembro de 2006, ainda antes de trocar o Sporting pelo Manchester United.

Em Brondby, nos arredores de Copenhaga, Nani foi titular num particular com a Dinamarca e marcou um golo, que não evitou o desaire de Portugal por 4-2, acabando substituído aos 66 minutos, por Hugo Almeida.

A 25 de junho no ano passado, nos oitavos de final do Euro2016, em Lens, o extremo alcançou os 100 jogos. Nesse encontro, Portugal assegurou a passagem aos ‘quartos' graças a um golo de Ricardo Quaresma no prolongamento.

Na sua carreira na seleção, o jogador do Valência conta 24 golos.

Conteúdo publicado por Sportinforma