Taça da Liga

30-01-2017 11:47

Francisco Geraldes: "Mostrámos que as camisolas não ganham jogos"

O médio comentou a conquista da Taça da Liga ao serviço do Moreirense.
Francisco Geraldes:
Foto: LUIS FORRA / LUSA

Francisco Geraldes na final da Taça da Liga.

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Francisco Geraldes, médio que atua no Moreirense por empréstimo do Sporting, comentou a conquista da Taça da Liga e não se quis alongar a respeito das notícias que dão conta do seu regresso a Alvalade.

"Não sei se é a despedida. O importante é festejar agora. O resto logo se verá", disse o médio, citado pelo Record, acrescentando mais tarde: "Isso são trivialidades. Os presidentes já chegaram a acordo, mas o que importa é festejar com os adeptos. Sporting? Não vou confirmar. O mercado só fecha a 31, depois teremos a confirmação".

O jovem médio explicou ainda como foi possível derrotar o Sporting de Braga e vencer o primeiro troféu da história do clube vimaranense.

"No plano teórico eles eram favoritos, mas a força interior e o acreditar de que é possível tem que estar presente em tudo na vida. Mostrámos em campo que as camisolas não ganham jogos. O trabalho que fizemos, todos juntos, deu-nos este fruto incrível", salientou.

"Há que agradecer o apoio incansável dos adeptos. Uma viagem longa só para apoiar-nos. Foi marcante, histórico. Há que festejar agora", destacou ainda.

A respeito do lance que originou a grande penalidade, que seria convertida por Cauê, Geraldes defendeu que Artur Soares Dias tomou a decisão correta: "O Matheus deixou o pé para me acertar, o árbitro esteve bem em marcar penálti".

Conteúdo publicado por Sportinforma