Vitória Guimarães

13-10-2011 15:50

«Vencer Taça de Portugal é um objetivo», Alex

A equipa vimaranense recebe o Moura, da zona sul da II divisão, no domingo, na terceira eliminatória da Taça de Portugal.
«Vencer Taça de Portugal é um objetivo», Alex

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O defesa direito Alex disse hoje que conquistar a Taça de Portugal em futebol é um dos objetivos do Vitória de Guimarães e assegurou que a polémica em torno do clube passa ao lado do grupo de trabalho.

A equipa vimaranense recebe o Moura, da zona sul da II divisão, no domingo, na terceira eliminatória da Taça de Portugal, prova em que o Vitória foi finalista na última edição.

«É uma competição diferente, é um objetivo do clube conquistar um título. Esta cidade deseja isso há muitos anos, o ano passado estivemos próximos [perderam na final com o FC Porto por 6-2] e este ano vamos abordar a Taça de Portugal com o mesmo objetivo, que é tentar vencê-la», disse.

Para o defesa direito, que falava à margem de uma visita de uma comitiva vitoriana à CERCIGUI (Cooperativa de Educação e Reabilitação de Cidadãos Inadaptados do Concelho de Guimarães) de S. João de Ponte, trata-se de uma «taça que todos desejam» no clube e que é vista não como um "trampolim" para atingir as competições europeias, mas como um troféu com o «prestígio» que se associa à sua conquista.

Em relação ao campeonato, realçou que a equipa está «atrasada» (é 14.ª classificada, com quatro pontos, os mesmos que o 15.º, o Paços de Ferreira, a apenas mais dois do que o último, o Rio Ave), mas desvalorizou, referindo: «isto não é como começa, é como acaba».

«Estamos à procura do `click´ e de subir na tabela de uma forma consistente. Não tenho dúvidas nenhumas que o vamos conseguir, confiamos muito no trabalho que está a ser desenvolvido pela equipa técnica e pela direção, trabalhamos diariamente muito bem e é uma questão desse `click´, que vai aparecer», disse.

Para Alex, esta paragem de duas semanas «foi benéfica» para os jogadores «assimilarem o mais rapidamente possível as ideias» da nova equipa técnica.

«De certeza que o nosso futebol vai melhorar e os resultados vão aparecer», prometeu.

Sobre a polémica dos últimos dias, marcados pela iniciativa de um grupo de adeptos querer convocar uma Assembleia-Geral (AG) extraordinária para destituir a direção liderada por Macedo da Silva e pela troca de acusações entre este e o antigo presidente Pimenta Machado, Alex assegurou que «o grupo é imune» a essas situações e que lhe «passa completamente ao lado».

«Se é possível fazer isso [convocar uma AG extraordinária], se está nos estatutos do clube, é um direito que os sócios têm, mas, em relação a essa iniciativa, a nós, enquanto grupo de trabalho, não nos cabe comentar. São problemas que a direção tem que resolver», disse Alex, um dos "capitães" da equipa.

O jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal tem lugar no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães, às 16:00 de domingo.