Taça de Portugal

09-11-2013 09:41

Águias com vantagem sobre leões em eliminatórias a uma mão

"Encarnados" vencem 4-1 jogos a uma mão na Luz para a Taça.
Águias com vantagem sobre leões em eliminatórias a uma mão

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O Benfica tem vantagem nas eliminatórias caseiras a uma mão com o Sporting, para a Taça de Portugal em futebol, com quatro apuramentos e apenas uma eliminação, em vésperas de um sexto confronto, no sábado.

A formação “encarnada” levou a melhor em 1979/80, 1982/83, 1985/86 e 2004/2005, sendo apenas afastada em 1999/2000, época em que os “leões” se impuseram por 3-1 na Luz, nos oitavos de final da competição, a 26 de janeiro de 2000.

Essa temporada viria a ser especial para o clube de Alvalade, que conquistou o título nacional, depois de um jejum de 18 anos, e esteve perto da “dobradinha”, cedendo no embate decisivo face ao FC Porto, numa finalíssima (0-2).

Na Luz, o “onze” comandado por Augusto Inácio, atual diretor técnico do Sporting, venceu com tentos do argentino Beto Acosta (11 e 74 minutos), o segundo de penálti e depois da expulsão do benfiquista Machairidis (73), e do brasileiro André Cruz (36). O tento dos anfitriões foi apontado pelo chileno Uribe (33).

Depois disso, o Benfica voltou a receber o rival em 2004/2005, mais precisamente a 26 de janeiro de 2005, num dos jogos mais empolgantes do “dérbi” eterno, já com 105 anos de história.

O jogo apenas se decidiu nas grandes penalidades (7-6), a favor do Benfica, que esteve uma vez a vencer, por 1-0, e duas em desvantagem, por 2-1, e, já no prolongamento, por 3-2.

O brasileiro Geovanni marcou para o Benfica aos três e 22 minutos, mas, pelo meio, Hugo Viana (15) – que viria a ser expulso aos 101, com um vermelho direto - e Liedson (17) viraram o resultado, nuns 25 minutos iniciais “infernais.

Já na segunda parte do prolongamento, o lateral Paíto “cavalgou” pelo lado esquerdo e deu novamente ao “10” do Sporting, mas, a dois minutos do final, Simão, na transformação de um livre direto, apontou o 3-3 e atirou o jogo para os penáltis.

As grandes penalidades arrastaram-se sem que nenhuma equipa falhasse e teve que se chegar ao 14.º pontapé para o defesa Miguel Garcia falhar e “qualificar” o Benfica.

Foi, para os “encarnados”, o retomar da tradição, já que haviam também afastado os “leões” nas três eliminatórias anteriores disputadas no Estádio da Luz, o antigo.

Em 1979/90, nos oitavos de final, Reinaldo e Nené resolveram, de nada valendo aos forasteiros a “traição” de Jordão (2-1), e, três anos volvidos, nos “quartos”, a vitória foi mais clara - 3-0, com tentos de Chalana, Diamantino e Carlos Manuel.

Antes da única eliminação caseira, o Benfica logrou a mais expressiva vitória sobre os “leões” para a Taça: a 12 de março de 1986, nos quartos de final, o jogo acabou numa goleada de 5-0, selada por Rui Águas, Wando (dois), Álvaro e Manniche.

Contando os jogos a duas mãos, o Benfica venceu metade dos jogados caseiros (cinco), cedendo dois empates e três desaires, com 21 golos marcados e 14 sofridos.

A formação “encarnada” manda ainda em campo neutro, com seis triunfos contra três e mais dois golos, sendo que venceu seis das oito finais disputadas, incluindo as duas últimas (2-1 em 1986/87 e 3-1 em 1995/96, na tristemente célebre final do “very light”).

Mesmo perdendo fora e em campo neutro, o Sporting tem vantagem no global dos confrontos com o Benfica para a Taça de Portugal, com 14 sucessos em 26 “duelos”, mais três vitórias (17 contra 14) e mais 10 golos marcados (67 contra 57).

A vantagem dos “leões” assenta, naturalmente, nos jogos em casa, onde venceu 11 dos 14 realizados, perdendo apenas três, o último há 50 anos (0-1), na época 1962/63.

- Historial dos encontros entre Benfica e Sporting para a Taça de Portugal:

Época Data El. Jogo Resultado

41/42 28/06/42 QF SPORTING - Benfica 4-0

42/43 13/06/43 MF Sporting - BENFICA 2-3

44/45 17/06/45 MF Sporting - Benfica 1-2

24/06/45 Benfica - Sporting 2-3

27/06/45 SPORTING - Benfica 1-0

47/48 27/06/48 MF SPORTING - Benfica 3-0

51/52 15/06/52 F BENFICA - Sporting 5-4 (Jamor)

53/54 23/05/54 1.ª Sporting - Benfica 3-2

30/05/54 Benfica - Sporting 2-1

02/06/54 SPORTING - Benfica 4-2 (Tapadinha)

54/55 12/06/55 F BENFICA - Sporting 2-1 (Jamor)

58/59 08/06/59 MF Sporting - Benfica 2-1

12/06/59 BENFICA - Sporting 3-1

59/60 19/06/60 MF Sporting - Benfica 3-0

26/06/60 Benfica - SPORTING 0-0

62/63 16/06/63 MF Sporting - Benfica 0-1

23/06/63 Benfica - SPORTING 0-2

69/70 14/06/70 F BENFICA - Sporting 3-1 (Jamor)

70/71 27/06/71 F SPORTING - Benfica 4-1 (Jamor)

71/72 04/06/72 F BENFICA - Sporting 3-2ap (Jamor)

73/74 09/06/74 F SPORTING - Benfica 2-1ap (Jamor)

75/76 28/03/76 5.ª SPORTING - Benfica 1-0ap

76/77 12/03/77 OF SPORTING - Benfica 3-0

77/78 05/03/78 QF SPORTING - Benfica 3-1

79/80 17/02/80 OF BENFICA - Sporting 2-1

82/83 02/04/83 QF BENFICA - Sporting 3-0

83/84 29/01/84 OF SPORTING - Benfica 2-1

85/86 12/03/86 QF BENFICA - Sporting 5-0

86/87 07/06/87 F BENFICA - Sporting 2-1 (Jamor)

95/96 18/05/96 F BENFICA - Sporting 3-1 (Jamor)

99/00 26/01/00 OF Benfica - SPORTING 1-3

04/05 26/01/05 OF BENFICA - Sporting 3-3ap, 7-6gp

07/08 16/04/08 MF SPORTING - Benfica 5-3

- Balanço:

Eliminatórias: 26 (oito finais).

Apuramentos do Benfica: 12 (6 vitórias em finais).

Apuramentos do Sporting: 14 (2 vitórias em finais).

Jogos: 33.

Vitórias do Benfica: 14.

Empates: 2.

Vitória do Sporting: 17.

Golos: 124.

Golos do Benfica: 57.

Golos do Sporting: 67.

Totais: J VIT EMP VIT GOLOS

SLB SCP SLB SCP

Casa Benfica 10 5 2 3 21 14

Casa Sporting 14 3 0 11 14 33

Campo neutro 9 6 0 3 22 20

TOTAL: 33 14 2 17 57 67 Conteúdo publicado por Sportinforma com Lusa