Taça de Portugal

31-05-2015 23:05

Jamor e o "pior jogo da carreira" de Rúben Micael

O médio do Sporting de Braga demonstrou-se desiludido com a derrota na final da Taça de Portugal.
Sérgio Conceição e Rúben Micael
Foto: JOSE SENA GOULAO / LUSA

Rúben Micael com Sérgio Conceição após a derrota.

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Rúben Micael, médio do Sporting de Braga, demonstrou-se muito desiludido com a derrota na final da Taça de Portugal, diante do Sporting, nas grandes penalidades.

"Fizemos um belíssimo jogo. Chegámos a ter vantagem de dois golos, tivemos oportunidades para matar o jogo, mas não aconteceu. É muito frustrante. Há que dar os parabéns ao Sporting", disse o médio na zona mista.

O jogador da equipa minhota admitiu que houve "intranquilidade" na reta final do encontro.

"É normal. O Sporting fez o 2-1, e era normal que houvesse alguma intranquilidade. Também foi feliz, marca através de um pontapé de um central na frente. É o futebol".

"Se é o pior jogo da minha carreira? Sem dúvida nenhuma. Estar a ganhar 2-0 e perder assim...sem dúvida alguma".

Rúben Micael não quis ainda revelar se irá continuar no Sporting de Braga e recusou-se a falar sobre a arbitragem de Marco Ferreira.

Conteúdo publicado por Sportinforma