Taça de Portugal

03-04-2017 19:53

Treinador do Chaves quer chegar ao Jamor: "Guimarães terá de provar que é melhor"

No jogo da primeira mão, realizado em casa dos vimaranenses, o emblema flaviense perdeu por 2-0.
Ricardo Soares
Foto: PEDRO SARMENTO COSTA / LUSA

Ricardo Soares

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O treinador do Desportivo de Chaves, Ricardo Soares, disse hoje estar convicto de que é possível dar volta à eliminatória, vencendo o Vitória de Guimarães, e chegar ao Jamor, em antevisão às meias-finais da Taça de Portugal.

“Obviamente que nós acreditamos e que o Guimarães vai ter de provar que no conjunto dos dois jogos foi superior a nós”, afirmou na conferência de imprensa, realizada na vila de Boticas, município que irá patrocinar este encontro, no âmbito de um protocolo com o clube.

O técnico referiu que não entregaram “de maneira nenhuma” o jogo e que vão entrar em campo com uma “vontade enorme” de chegar ao Jamor.

Ricardo Soares referiu que a equipa tem a estratégia “bem montada”, sabe o que quer e sabe os momentos em que tem de ser forte, coesa e determinada.

Acreditando na vitória e na presença na final da Taça de Portugal, Ricardo Soares salientou que é fundamental que no final dos 90 minutos a equipa de Trás-os-Montes esteja a vencer ou com a eliminatória em aberto.

“Acreditamos totalmente que é possível chegar ao Jamor”, reafirmou, sublinhando que vão lutar por esse objetivo até ao último minuto.

Ricardo Soares apelou aos adeptos para que se juntem à equipa e, com eles, lutem por fazer e ficar na história, porque eles são uma ajuda fundamental.

Também presente, o capitão da equipa, Nélson Lenho, considerou que ainda estão no intervalo no jogo e que vão “com certeza” mudar aquilo que toda a gente pensa já estar certo.

“O Vitória de Guimarães vai ter de provar que é melhor do que nós, estamos focados no jogo e vamos dar tudo para dar a volta, deixo aqui a nossa garantia”, ressalvou.

Classificando o jogo como “extremamente difícil”, o defesa entendeu que a reviravolta não é algo impossível.

Com a mesma opinião, o médio Bressan afiançou que o Desportivo de Chaves quer muito chegar à final, estando todos motivados e empenhados.

“Temos uma grande responsabilidade, mas estamos imensamente motivados”, vincou.

O Desportivo de Chaves recebe o Vitória de Guimarães na terça-feira, às 20:15, em jogo da segunda mão das meias-finais da Taça de Portugal, com arbitragem de Fábio Veríssimo, da Associação de Futebol de Leiria.

No jogo da primeira mão, realizado em casa dos vimaranenses, o emblema `azul-grená´ perdeu por 2-0.

Conteúdo publicado por Sportinforma