Futebol de praia

01-05-2017 09:57

Mário Narciso: "Não esperávamos perder" com o Paraguai

O selecionador de Portugal de futebol de praia explicou a derrota de domingo com o Paraguai, por 5-3, na segunda jornada do grupo C do Mundial da modalidade.
Mário Narciso
Foto: Estela Silva

Mário Narciso dá indicações aos jogadores

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O selecionador de Portugal de futebol de praia, Mário Narciso, explicou a derrota de domingo com o Paraguai, por 5-3, na segunda jornada do grupo C do Mundial da modalidade, pela maior inspiração dos sul-americanos.

“Não esperávamos perder, embora soubéssemos o valor que tinha a equipa do Paraguai. Estiveram num dia com mais inspiração do que nós”, justificou o técnico, citado no site oficial da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Com a derrota frente aos paraguaios, Portugal ‘caiu’ para o terceiro lugar do agrupamento, fora da zona que apura para os quartos de final, situação que o selecionador nacional desdramatizou.

“Preocupa-me o resultado, mas preocuparia muito mais se não tivéssemos criado situações de golos. Jogámos bem, criámos várias ocasiões, mas não as concretizámos. Vamos corrigir o que falhou e ganhar o próximo jogo”, garantiu Mário Narciso.

Os Emirados Árabes Unidos, próximos adversários de Portugal, lideram o agrupamento, com quatro pontos, seguidos do Paraguai, com três, os mesmos que a seleção das ‘quinas’, enquanto Panamá segue em último, ainda sem pontos.

Quanto ao último compromisso da fase de grupos, marcado para terça-feira, Mário Narciso, disse que Portugal só tem uma alternativa, vencer os Emirados Árabes Unidos.

“Para já, só há uma certeza no nosso pensamento: temos que ganhar”, sintetizou o técnico.

Conteúdo publicado por Sportinforma