Rio2016

14-08-2016 11:44

"Quero que esta seja a prova da minha vida", diz Vânia Neves

A nadadora portuguesa espera poder conseguir um bom resultado nos Jogos Olímpicos.
Vânia Neves
Foto: COP

Vânia Neves, nadadora portuguesa.

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

A nadadora portuguesa Vânia Neves espera poder dizer na segunda-feira, após a prova de águas abertas dos Jogos Olímpicos Rio2016, no Forte de Copacabana, que fez a prova da sua vida.

“Tenho vários sonhos guardados em mim, o maior deles é mesmo conseguir sair desta prova e dizer o que disse em Setúbal, que esta foi a prova da minha vida”, afirmou Vânia Neves, junto à Aldeia Olímpica, no Rio de Janeiro.

A nadadora natural de Viana do Castelo espera poder conseguir um bom resultado, mas lembra que a prova de águas abertas é “muito imprevisível”, pelo que não pode apontar uma classificação específica, na sua estreia olímpica.

“Não conseguimos traçar classificações, como se fosse natação pura, pois a prova de águas abertas é muito imprevisível”, reforçou, explicando: “Posso levar uma pancada e ficar para trás ou estar no grupo e não me acontecer nada”.

Quanto às condições atmosféricas, Vânia Neves, de 25 anos, diz que já nadou “com chuva, com sol, com ondas ou sem ondas” e avançou que para a prova espera que esteja “uma ondulação mais ou menos e um solinho”.

Em relação à qualidade das águas, fator que levantou muita polémica, a nadadora lusa já as experimentou e não tem queixas a apresentar.

“A água não tem produtos a boiar, não tem garrafas, não tem nada, não tem muito lixo. Quando saímos da água, temos sempre um cheiro estranho, mas em Setúbal ou mesmo em Viana do Castelo acontece o mesmo. Não é muito preocupante”, finalizou.

A prova de águas abertas dos Jogos Olímpicos Rio2016 realiza-se segunda-feira, pelas 08:00 locais (12:00 em Lisboa), no Forte de Copacabana, no Rio de Janeiro.

Conteúdo publicado por Sportinforma