Brasil

02-09-2016 13:50

Costa encontra-se com Michel antes da cerimónia de abertura dos Jogos Paralímpicos

Na segunda-feira, António Costa inicia em São Paulo a sua visita ao Brasil.
O primeiro Ministro, António Costa
Foto: Agencia Lusa

O primeiro Ministro, António Costa

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O primeiro-ministro inicia na segunda-feira uma visita de quatro dias ao Brasil, durante a qual participa numa receção promovida pelo recém-empossado presidente brasileiro, Michel Temer, antes da cerimónia de abertura dos Jogos Paralímpicos, no Rio de Janeiro.

Esta receção que o novo Presidente brasileiro oferece aos chefes de Estado e de Governo que vão estar presentes na cerimónia de abertura dos Jogos Paralímpicos acontecerá na quarta-feira, terceiro dia de presença de António Costa no Brasil.

Fonte do executivo disse à agência Lusa que António Costa já conhece pessoalmente Michel Temer, que inclusivamente, na anterior qualidade de vice-presidente do Brasil, visitou o seu gabinete no Intendente quando desempenhava as funções de presidente da Câmara Municipal de Lisboa.

Do ponto de vista diplomático, a linha do Governo português é "afastar-se em absoluto" das questões políticas internas brasileiras, que conduziram à destituição de Dilma Rousseff do cargo de Presidente do Brasil na passada quarta-feira.

De acordo com a mesma fonte, as prioridades do executivo português no plano político passam pela realização em breve das cimeiras luso-brasileira e da CPLP (Comunidade de Países de Língua Portuguesa), ambas previstas para Brasília, e pelo aprofundamento das relações económicas e culturais entre os dois países.

Um comunicado difundido na quinta-feira pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros, um dia depois da posse de Temer como Presidente, salienta-se precisamente esta orientação diplomática, fazendo-se mesmo menção ao "cumprimento das disposições constitucionais brasileiras".

"No momento da tomada de posse do Presidente Michel Temer, no cumprimento das disposições constitucionais brasileiras, o Governo português vem reiterar a sua vontade de continuar a aprofundar as relações bilaterais de excelência que ligam Portugal e o Brasil, alicerçadas num elo único e fraterno entre os dois povos", refere o texto.

Na mesma nota, o Governo português refere a próxima cimeira bilateral, a realizar em data ainda a anunciar, que julga que poderá constituir "mais um marco" no relacionamento entre os dois países.

"A próxima cimeira bilateral a realizar proximamente em Brasília será mais um marco importante neste relacionamento tão especial, permitindo avançar nas relações bilaterais e trabalhar em conjunto, na esfera internacional, em prol da paz e do desenvolvimento e no reforço da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa" (CPLP), indica.

Na segunda-feira, António Costa inicia em São Paulo a sua visita ao Brasil, onde terá um programa eminentemente económico e cultural.

Logo após a sua chegada, ao fim da tarde, o primeiro-ministro encontra-se com o governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, uma das figuras centrais do PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira), que agora apoia o executivo de Temer.

Depois, acompanhado pelo ministro da Cultura, Luís Filipe Castro Mendes, António Costa desloca-se ao Parque de Ibirapuera para participar na inauguração da Bienal de Arte de São Paulo, que, segundo o executivo, terá uma forte presença portuguesa.

Na terça-feira, além de uma receção à comunidade portuguesa, que decorrerá já ao final do dia, e de um jantar com personalidades portuguesas da cultura, o primeiro-ministro terá um programa quase exclusivamente dedicado às questões económicas, começando a manhã com uma reunião de trabalho com empresários brasileiros no Consulado Geral de Portugal em São Paulo.

Em seguida, Costa estará num almoço promovido pela Câmara Portuguesa de São Paulo, durante o qual responderá a questões formuladas por empresários portugueses no Brasil.

Já no Rio de Janeiro, na quarta-feira, o primeiro-ministro faz a habitual visita das autoridades políticas portuguesas ao Real Gabinete Português de Leitura - um programa que acontecerá antes da cerimónia de abertura dos Jogos Paralímpicos no Maracanã.

Antes de regressar, juntamente com os secretários de Estado da Inclusão, Ana Sofia Antunes, e da Juventude e Desporto, João Paulo Rebelo, o primeiro-ministro encontra-se com os atletas paralímpicos na Aldeia Olímpica, e reúne-se com empresários numa iniciativa promovida pela Câmara de Comércio do Rio de Janeiro.

Conteúdo publicado por Sportinforma