Jogos Paralímpicos

09-09-2016 18:38

Adelino Rocha falha final de pistola a 10 metros

O atirador luso reconheceu ter sido prejudicado pela "ansiedade" na prova desta sexta-feira.
Adelino Rocha
Foto: SAPO Desporto

Adelino Rocha ainda terá mais duas provas para participar

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O atirador português Adelino Rocha terminou hoje na 27.ª posição as eliminatórias da prova de pistola a 10 metros dos Jogos Paralímpicos Rio2016, nas quais admitiu ter entrado "demasiado ansioso".

"Entrei com muita ansiedade, comecei a cometer erros e não me consegui encontrar. Fiz o melhor que pude", afirmou o atleta no final das eliminatórias, que terminou com 549 pontos.

Adelino Rocha, que se tornou no primeiro português a competir em provas de tiro em Jogos Paralímpicos, referiu que o ambiente também teve influência na sua prestação. "Estava a atirar bem, mas não consegui abstrair-me do ambiente e a ansiedade foi aumentando. No entanto, foi uma grande experiência, aprende-se muito em eventos desta grandeza", disse.

O atirador, portador de deficiência motora, admitiu que poderá obter melhores prestações nas duas provas nas quais vai ainda competir nos Jogos Paralímpicos Rio2016, os 25 e os 50 metros. "O resultado não foi animador, mas tenho mais duas provas para fazer, vamos ver. Sinto que posso fazer mais", considerou.

Portugal, que está representado por 37 atletas nos Jogos Rio2016, vai competir em sete modalidades, entre as quais o judo e o tiro, nas quais se estreia.

Conteúdo publicado por Sportinforma