Ténis

14-05-2015 16:17

Murray e Serena desistem de Roma

O tenista britânico e a tenista norte-americana alegaram motivos físicos para não participarem no torneio italiano.
Andy Murray
Foto: GERARD JULIEN

Andy Murray justificou a sua ausência com a fadiga acumulada

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O torneio de ténis de Roma perdeu hoje dois ‘pesos pesados’ da edição de 2015, com as desistências hoje anunciadas pelo britânico Andy Murray, número três mundial, e a norte-americana Serena Williams, líder do ‘ranking’ feminino.

Murray justificou o abandono da prova na capital italiana devido à fadiga acumulada nos últimos meses, que exigem que o britânico faça “uma ligeira pausa”, mas a razão para a ausência de Serena Williams é um pouco mais grave.

A detentora do troféu tomou a decisão de abandonar o torneio de Roma com o objetivo de não agravar a lesão no cotovelo, o que poderia comprometer a participação no Open de Roland Garros, em França, segunda prova do `Grand Slam´.

Com as desistências de Murray e Serena Williams, o belga David Goffin e a norte-americana Christina McHale ficam sem adversários nos quartos de final da prova, respetivamente.

Conteúdo publicado por Sportinforma