Ténis/Angola

10-08-2016 14:27

Federação distribuirá material de ténis para os associados

Benguela, Bengo, Cabinda, Uíge, Huíla, Luanda e Lunda Norte são as sete províncias onde a modalidade é mais praticada.
Tenis Santo Antão

Federação distribuirá material de ténis para os associados

Por Pereira Francisco sapodesporto@sapo.pt

Federação Internacional de Ténis (ITF) forneceu recentemente diversos materiais da modalidade para Angola, nomeadamente bolas, raquetes, redes, cones, rolos de cordas, balanças e outros.

No seguimento desta entrega, a Federação Angolana de Ténis (FAT) distribuirá materiais nos próximos dias para as sete províncias onde a modalidade é mais praticada – Benguela, Bengo, Cabinda, Uíge, Huíla, Luanda e Lunda Norte –, e a distribuição será sobretudo para crianças dos 4 aos 10 anos, dada a massificação do ténis de campo nessas regiões.Entre os nomes mais sonantes da modalidade no país estão o Clube de Ténis de Luanda (CTL), o Projecto Crianças em Movimentos e a Escola de Ténis do IMEL. Porém, existem já outros clubes que também estão a apostar na formação dos tenistas.

O presidente da FAT, Matias Castro da Silva, reconheceu que a quantidade de material fornecido pela Federação Internacional de Ténis não chega para os associados, e por este motivo a instituição adquiriu outros para satisfazer a demanda.

“Distribuiremos o material para as províncias começando por Luanda. Estamos a trabalhar no sentido de atender às preocupações dos associados, e é por essa razão que vamos continuar a envidar esforços para o bem-estar da modalidade no país”, confirmou o Comissário da Polícia Nacional.

Matias Castro pediu também aos associados para divulgarem mais a modalidade na imprensa, de modo a motivar os praticantes, tal como para atrair novos talentos e os amantes da modalidade.

A expansão da modalidade nas outras províncias do país, assim como a implementação do sistema de formação e massificação fazem parte dos objetivos da Federação Angolana de Ténis para os próximos meses.

Quanto ao assunto do momento, Jogos Olímpicos, Matias Castro felicitou os atletas que participam na prova, acrescentando ainda que o seu elenco continuará a procurar patrocínio para a formação de atletas e dirigentes no estrangeiro, a fim de competirem nas próximas olímpiadas.

Conteúdo publicado por Sportinforma